O Que Está Acontecendo no Brasil?

O Que Está Acontecendo no Brasil?

2 1530

Em resposta a uma pergunta de uma amiga estrangeira, aqui está a minha impressão sobre o que está acontecendo no Brasil.

Somos uma nação amiga em uma terra bela e rica. As pessoas são naturalmente cheias de alegria, com música e ritmo no sangue. Esse sentimento de felicidade e gratidão vem direto do coração e é transmitido de geração a geração. Apesar de todos os problemas possíveis, todos os brasileiros têm orgulho de ter nascido em um país tão bonito. No entanto, esses valores atemporais não têm nada a ver com qualquer tipo de boa administração. Parece que os brasileiros apenas adoram a terra e a diversidade cultural, afinal tivemos que aprender a tolerar a diferença.

Mas qualquer tolerância tem limite e esse limite está sendo alcançado agora. Nas últimas décadas os brasileiros têm feito um progresso impressionante em direção a uma democracia decente. Em 1985, nossos pais e avós conseguiram tomar de volta o poder dos militares que governaram o país por 21 anos, em uma ditadura terrível que deixou cicatrizes que doem até hoje. Nos anos seguintes, a nossa democracia bebê conseguiu destituir um presidente e eleger um outro que colocou a nossa economia de volta aos trilhos. No entanto, ao longo dos anos o nosso povo começou a ignorar ou fingir ignorar a corrupção generalizada em rápido crescimento. Essa cegueira agora chega a um ponto em que estamos elegendo palhaços, analfabetos e fundamentalistas religiosos que são ignorantes, desrespeitosos e fazem o que for preciso em busca de fama. O desrespeito com o dinheiro público é tão escandaloso que as pessoas têm de trabalhar cinco meses do ano apenas para enriquecer os bolsos dos políticos. Somos um país rico, ocupando o 6 º lugar no índice de Produto Interno Bruto mas apenas 85 º no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Nós não merecemos ser tratados como o governo está fazendo.

Durante a minha carreira eu lutei por oportunidades de estudos no exterior e eu tive a chance de visitar muitos países na Europa e agora estou vivendo nos EUA. Eu vi muitos exemplos de organização e sustentabilidade no primeiro mundo. A diferença na forma como as pessoas são tratadas é impressionante. Eu sei que tudo isso só foi conseguido às custas de muito esforço e também muitas vidas de pessoas honestas e corajosas embebidas com espírito de dignidade e respeito. Isso é o que estamos fazendo agora no Brasil. Espero que não seja necessário desperdiçar nenhuma vida e agradeço ao primeiro mundo por ajudar a humanidade a atingir um nível de consciência o suficiente para evitar um cenário mais dramático para essa transição.

As recentes manifestações populares foram organizadas pelo Movimento Passe Livre e começaram em 06 de junho com um grupo de 2 mil a 4 mil pessoas em São Paulo reivindicando a revogação do aumento da tarifa de ônibus municipal de R$ 3,00 (USD 1,50) para R$ 3,20 (USD 1,60). Embora os organizadores tivessem contactado previamente a polícia, a multidão foi atacada com spray de pimenta, balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo. Situações semelhantes foram observadas ao longo das três manifestações que se seguiram em uma semana, com uma incrível multidão crescente. Durante este período, a polícia apresentou um show de horror, disparando balas de borracha no rosto de uma jornalista desarmada e disparando balas de borracha na janela do sétimo andar de um prédio porque os moradores estavam filmando a ação desastrosa dos policiais. Eles também jogaram bombas de gás lacrimogêneo com prazo de validade vencido sobre a multidão, revelando que o próprio governo colocou os policiais em risco por um longo tempo. Claro que houve ações de vandalismo aqui e ali. E isso inclui a ação de um policial quebrando a janela de uma viatura para culpar os manifestantes.

No último sábado (15) a presidente Dilma foi intensamente vaiada pela torcida durante a inauguração da Copa das Confederações, em Brasília, a capital brasileira. Seu discurso foi de apenas 9 palavras. O custo desse estádio foi originalmente 671 milhões de reais (400 milhões USD), mas o custo final será de 1,5 bilhões (700 bilhões de dólares). E não há nenhuma grande liga de futebol na região de Brasília. A manutenção deste estádio será um peso a mais nos bolsos dos brasilienses e quando não for mais possível sustentá-lo, será abandonado.

Na segunda-feira (17), as manifestações tomaram uma dimensão incrível. Enormes multidões foram às ruas das principais capitais, incluindo Brasília, onde a multidão se amontoou no telhado do Congresso Nacional.  Mais protestos ocorreram ontem em centenas de cidades do Brasil, incluindo pequenas cidades brasileiras e 69 cidades icônicas de 25 países, que abrigam um número considerável de brasileiros, como San Francisco, onde eu estava ontem.

Precisamos de uma reforma política completa no Brasil, incluindo a revisão das leis e remoção de todos os políticos corruptos que cometeram crimes graves contra o povo brasileiro. Já que a corrupção é generalizada no Brasil e a justiça é tão fraca, seria maravilhoso se as Nações Unidas pudessem interferir e prender os políticos corruptos, a fim de julgá-los por crimes contra a humanidade. Suas ações tem tirado muitas vidas de nossas irmãs e irmãos brasileiros nos hospitais miseráveis, estradas degradantes e segurança precária. Mas infelizmente isso fere o princípio da soberania e também o próprio processo democrático. Então nós mesmos temos que lutar da forma que pudermos, seja divulgando, compartilhando idéias e revendo o nosso próprio comportamento do dia a dia. Esta estapafúrdia realidade que criamos para nós mesmos simplesmente não deve continuar. Nossa educação é o suficiente para fazê-los parar.

Espero que possamos aproveitar esta oportunidade para fazer uma mudança significativa no Brasil.

Para mais informações sobre o que acabei de dizer e dados mais precisos, bem como melhores perspectivas sobre o problema, por favor veja os vídeos abaixo:

Change Brazil:

Carla Dauden:

Felipe Neto:

Alexandre High Torque:

Meu coração está apertado por aqui.

Ivan Glaucio Paulino Lima.

19 de junho de 2013
San Francisco, CA.

Crédito da Imagem da Capa: Vidiani.

Possui Graduação (Licenciatura e Bacharelado) em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Londrina (2001 e 2002), Mestrado em Genetica e Biologia Molecular pela Universidade Estadual de Londrina (2005) e Doutorado em Biofísica pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, com 1 ano de Estágio Sanduíche na Open University (Grã-Bretanha). Atuou como professor colaborador na Universidade Estadual de Londrina lecionando disciplinas de bioquímica para cursos de graduação. Atualmente faz Pós-doutorado no NASA Ames Research Center, Moffett Field Califórnia, EUA, na área de microbiologia ambiental sob a supervisão da Professora Lynn Rothschild. Faz parte de sociedades científicas nacionais e internacionais e participa de projetos de pesquisa em colaboração com a Open University (Grã-Bretanha) e Istituto Nazionale di Astrofisica (Italia). Tem experiência na área de microbiologia, engenharia genética e radiobiologia molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: resistência às radiações e astrobiologia.

ARTIGOS SIMILARES

  • Oseias Verissimo

    belas palavras, parabéns!

  • Só corrige o valor de 700 bilhões na sexta estrofe (premio pá de bronze pra mim)