Buraco negro supermassivo gira super rápido

Créditos da Imagem: NASA/JPL-Caltech.

Publicado no Centro de Astrofísica da Universidade de Harvard

Imagine uma esfera de mais de 2 milhões de quilômetros de diâmetro – oito vezes a distância da Terra à Lua – girando tão rápido que sua superfície está viajando quase à velocidade da luz. Tal objeto existe: o buraco negro supermassivo no centro da galáxia espiral NGC 1365.

Astrônomos mediram a taxa de rotação usando os novos dados do Nuclear Spectroscopic Telescope Array, ou NUSTAR, e da Agência Espacial Europeia XMM-Newton de raios-X satélites.

“Esta é a primeira vez que algo foi medido com precisão, no caso a rotação de um buraco negro supermassivo,” disse o autor Guido Risaliti do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica (CFA) e INAF – Observatório Arcetri.

Esta pesquisa foi publicada na edição 28 de fevereiro da revista Nature, e foi destaque em uma mídia da NASA na teleconferência em 27 de fevereiro.

CONTINUAR LENDO