Dez exoplanetas que os humanos podem colonizar [3]: Kepler 442b

1
1139

Artigo traduzido e originalmente publicado em ListVerse.

Retomando nossa série de ”Dez exoplanetas que os humanos podem colonizar”, falaremos hoje do exoplaneta Kepler 442b, da estrela Kepler 442.

A estrela Kepler 442 tem cerca de três bilhões de anos. Tem uma massa e um raio que é de aproximadamente 0.61 vezes e 0.60 vezes do nosso sol, respectivamente. Kepler 442 está a 1.100 anos-luz da Terra na constelação de Lyra.

Pequenos exoplanetas confirmados em zonas habitáveis. (Kepler-62e, Kepler-62f, Kepler-186f, Kepler-296e, Kepler-296f, Kepler-438b, Kepler-440b, Kepler-442b)

O Exoplaneta Kepler 442b foi descoberto em 2015 por meios telescópicos quando a sombra do planeta interrompeu a luz de sua estrela anfitriã, uma anã alaranjada. Kepler 442b tem um ano que é de aproximadamente 112 dias terrestres.

O observatório espacial Kepler da NASA, responsável por detectar o exoplaneta Kepler-442b usando o método de trânsito.

O raio deste exoplaneta é 1,34 vezes o da Terra. Kepler 442b é provavelmente rochoso e fica na distância exata de sua estrela para permitir uma possível existência de água líquida na superfície do planeta. De todos os exoplanetas encontrados a partir de fevereiro de 2016, acredita-se que Kepler 442b é um dos mais semelhantes à Terra.

Todas essas condições reunidas no planeta tornam muito alta a probabilidade de que Kepler 442b venha a ser o futuro lar de nossos queridos descendentes.

CONTINUAR LENDO
Compartilhar
Artigo anteriorDez exoplanetas que os humanos podem colonizar [2]: Kapteyn B
Próximo artigoA cultura marxista: a filosofia
Ruan Bitencourt Silva
Nativo de Lages, Santa Catarina, eu sou cético, liberal, secularista, humanista, ateísta, roqueiro punk, flamenguista e um fã assíduo da ciência, da música, do esporte, da literatura e da cinematografia. Apaixonado por rock e pelo Universo, sonho em me tornar um guitarrista e astrofísico profissional (e, quem sabe, ser premiado com um Nobel e/ou um Grammy). Sou constantemente inspirado todos os dias por bandas como Nirvana, Legião Urbana e Green Day, por músicos como Kurt Cobain, Renato Russo e Billie Joe Armstrong, e por personalidades históricas como Carl Sagan, Isaac Newton e Albert Einstein. Atualmente ocupo meu tempo compondo músicas, escrevendo textos, lendo, tocando guitarra, e assistindo minhas séries preferidas. Pretendo, nos próximos anos, iniciar um bacharelado no ramo da Física, e após o término deste, construir uma pós-graduação voltada ao ramo da Astronomia. Se por ventura esse plano não der certo, seguirei a carreira como guitarrista e compositor, seja em uma banda completa ou até mesmo em uma carreira solo.