Dez exoplanetas que os humanos podem colonizar [6]: Kepler 62f

0
1151

Artigo traduzido e originalmente publicado em ListVerse.

Se aproximando do final da nossa série ”Dez exoplanetas que os humanos podem colonizar”, falaremos neste post sobre o exoplaneta Kepler 62f, que orbita a estrela Kepler 62.

Kepler 62 é uma estrela na constelação de Lyra a cerca de 1.200 anos-luz da Terra. Esta estrela tem uma massa e um raio que são de aproximadamente 0,69 vezes e 0,63 vezes ao do nosso Sol, respectivamente.

O sistema solar de Kepler 62 comparado com o nosso.

O exoplaneta Kepler 62f, que tem um ano de cerca de 268 dias, foi descoberto em 2013. Sua massa é calculada em comparação com o planeta Júpiter, que por sua vez tem uma massa que é 318 vezes a da Terra.

Em relação a isto, a massa de Kepler 62f é de aproximadamente 0,11 vezes a de Júpiter. O raio de Kepler 62f é de cerca de 1,4 vezes o raio da Terra. Este exoplaneta está localizado na zona habitável de sua estrela hospedeira, tornando possível a existência de água líquida na superfície.

Kepler 62f tem uma temperatura de -30 graus Celsius (-22 ° F) na superfície, o que o colocaria no lado frio da habitabilidade. Mesmo assim, todos esses fatores se combinam para fazer de Kepler 62f um bom candidato para habitação humana.

CONTINUAR LENDO
Compartilhar
Artigo anteriorRespostas à Steven Pinker, David Gorski e Steven Novella
Próximo artigoDez exoplanetas que os humanos podem colonizar [7]: Wolf 1061c
Ruan Bitencourt Silva
Nativo de Lages, Santa Catarina, eu sou cético, liberal, secularista, humanista, ateísta, roqueiro punk, flamenguista e um fã assíduo da ciência, da música, do esporte, da literatura e da cinematografia. Apaixonado por rock e pelo Universo, sonho em me tornar um guitarrista e astrofísico profissional (e, quem sabe, ser premiado com um Nobel e/ou um Grammy). Sou constantemente inspirado todos os dias por bandas como Nirvana, Legião Urbana e Green Day, por músicos como Kurt Cobain, Renato Russo e Billie Joe Armstrong, e por personalidades históricas como Carl Sagan, Isaac Newton e Albert Einstein. Atualmente ocupo meu tempo compondo músicas, escrevendo textos, lendo, tocando guitarra, e assistindo minhas séries preferidas. Pretendo, nos próximos anos, iniciar um bacharelado no ramo da Física, e após o término deste, construir uma pós-graduação voltada ao ramo da Astronomia. Se por ventura esse plano não der certo, seguirei a carreira como guitarrista e compositor, seja em uma banda completa ou até mesmo em uma carreira solo.