Dois rinocerontes-de-java bebês extremamente raros são vistos na Indonésia: uma nova esperança para a espécie

0
342
Créditos: Handout / Ministério do Meio Ambiente e Florestas / Agence France-Presse.

Publicado na ScienceAlert

Dois filhotes de rinocerontes-de-java extremamente raros foram vistos em um parque nacional da Indonésia, trazendo mais esperanças para o futuro de um dos mamíferos mais ameaçados do mundo.

Os filhotes de rinoceronte – uma fêmea chamada Helen e um macho chamado Luther – foram vistos com suas mães em imagens tiradas de quase 100 armadilhas fotográficas instaladas no Parque Nacional de Ujung Kulon entre março e agosto, disseram as autoridades em um comunicado no domingo.

Na ponta do extremo oeste de Java, na província de Banten, Ujung Kulon é o último habitat selvagem remanescente dos rinocerontes-de-java.

Após anos de declínio populacional, a chegada de novos filhotes eleva o número total de mamíferos raros para 74.

O santuário abrange cerca de 5.100 hectares (12.600 acres) de floresta tropical exuberante e riachos de água doce.

O governo indonésio tem pesquisado outras áreas nas ilhas de Java e Sumatra para realocar os rinocerontes da área de risco do Monte Krakatoa, um vulcão ativo não muito longe do parque nacional.

“Esses nascimentos trazem uma grande esperança para a continuação da vida do rinoceronte-de-java que está em perigo de extinção”, disse Wiratno, um alto funcionário do Ministério do Meio Ambiente.

Os rinocerontes-de-java têm dobras de pele desarticuladas, dando essa aparência de usarem uma armadura.

Eles já chegaram a casa dos milhares em todo o sudeste da Ásia, mas foram duramente afetados pela caça furtiva e pela invasão humana em seus habitats.