Estrelas da Via Láctea aparecem de penetras em imagem de uma galáxia distante

Intrusas da Via Láctea aparecem na frente de imagem do Hubble de UGC 11537.

0
105
(Créditos: ESA/Hubble & NASA, A. Seth)

Traduzido por Julio Batista
Original de Caitlyn Buongiorno para a Astronomy Magazine

Localizada a cerca de 230 milhões de anos-luz de distância, na constelação de Aquila, a Águia, está a majestosa galáxia UGC 11537. Como essa espiral distante aparece tão perto do plano de nossa própria Via Láctea, duas estrelas aparecem como intrusas em primeiro plano nesta imagem do Telescópio Espacial Hubble de UGC 11537. Cada uma dessas estrelas em primeiro plano exibe um forte efeito starburst, que é um efeito óptico que resulta da luz das estrelas atingindo o espelho secundário do Hubble, produzindo os chamados picos de difração.

Três exemplos de efeitos de imagem que aparecem nas imagens da NASA. Esquerda: Vênus aparece como uma borboleta de luz nesta imagem do coronógrafo STEREO devido à forma como o instrumento curvou sua luz proveniente. Centro: Vênus é novamente afetado por um efeito óptico, desta vez parecendo esticar para os lados causado por um excesso de sinal. DIREITA: O coronógrafo STEREO da NASA capturou esta imagem de uma partícula altamente energética passando pelo instrumento. (Créditos: NASA/STEREO, NASA/SOHO, NASA/SDO)

Mas os starbursts não são o único exemplo de efeitos de imagem causados ​​pelas acrobacias às vezes estranhas da luz nas astrofotografias. A luz é frequentemente curvada (à esquerda), tanto pela gravidade dos objetos maciços que ela atravessa quanto pelos instrumentos pelos quais ela passa. Se um objeto for muito brilhante para os detectores sensíveis em um instrumento, esse objeto também pode parecer vazar ou esticar para qualquer um dos lados (meio). E às vezes as partículas energéticas deixam rastros de seus próprios trajetos nas fotografias (à direita), produzindo faixas finas de luz.

Felizmente, esses efeitos de imagem não são tão irritantes quanto parecem e, em vez disso, são vistos pela maioria dos astrônomos como um pequeno preço a pagar por imagens tão boas.