Exercícios de musculação ajudam na ansiedade

0
269
Crédito: Getty Images.

A literatura tem explorado incansavelmente as propriedades do exercício sobre o bem-estar físico e mental. Dentro desse contexto, o estudo publicado na Scientific Reports, organizado por cientistas da University of Limerick, Irlanda, investigou os efeitos de um treino de musculação específica sobre a ansiedade.

Foram examinados 14 participantes (5 homens) com quadro de ansiedade que passaram pelo treinamento de exercício e 14 participantes (5 homens) do grupo controle com quadro de ansiedade, os quais não foram submetidos ao protocolo de treinamento.

Os critérios de inclusão foram: idade de 18 a 40 anos, nenhuma contraindicação médica para a participação segura no protocolo de exercício e nenhuma gravidez ou lactação atual.

Os participantes não foram excluídos se estivessem em tratamento para ansiedade ou outros transtornos mentais.

Os participantes de ambos os grupos foram aconselhados a manter seus níveis atuais de atividade física durante o estudo.

A intervenção de exercício resistido por oito semanas, duas vezes por semana, teve carga aumentada progressivamente, de modo que o participante pudesse completar duas séries de 8 a 12 repetições de oito exercícios antes de sentir fadiga, deterioração na forma de levantamento observada pelo investigador ou falha em completar uma repetição.

As sessões de exercício resistido foram totalmente supervisionadas, conduzidas de forma privada, sem outras pessoas nas instalações além do pesquisador e do participante. Quando necessário, um investigador adicional estava nas instalações para detectar ou para fins de treinamento do pesquisador.

Os oito exercícios foram agachamento com barra, supino com barra, levantamento com barra hexagonal, levantamento lateral do ombro com halter sentado, flexão com barra sobre as fileiras, estocadas com halteres, rosca com halteres sentados e abdominais.

Os participantes do grupo submetido a exercício físico completaram um processo de familiarização de três semanas, duas vezes por semana, para garantir a segurança, a técnica correta de levantamento e que toda a intervenção de oito semanas foi entregue com a resistência correta começando na primeira semana.

Os resultados mostraram que o protocolo de exercícios de resistência (musculação) melhorou os sintomas de ansiedade entre os adultos jovens.