Incrível reconstrução da Idade do Gelo se assemelha a ‘Muralha’ de Game of Thrones

0
69
Uma imagem da reconstrução. Créditos: Max Van Wyk de Vries / Kieran Duncan / YouTube.

Por Patrick Pester
Publicado na Live Science

Um novo vídeo impressionante mostra o manto de gelo gigante que moldou a paisagem escocesa durante a última Idade do Gelo, e parece algo saído de Game of Thrones.

O filme recria como a geleira de 1 quilômetro de espessura teria ficado no topo da atual cidade de Dundee. A geleira ascende sobre a cidade como a imensa muralha de gelo da série Game of Thrones se erguendo sobre a fortaleza do Castelo Negro.

Kieran Duncan, professor de design de comunicação na Universidade de Dundee, na Escócia, criou o vídeo com Max Van Wyk de Vries, um glaciologista da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos.

Eles incluíram a colina Dundee Law de 174 metros de altura, um marco local de Dundee quase tão alto quanto o Monumento a Washington (169 m de altura), para ilustrar o tamanho da geleira.

“Parte do filme mostra como seria um manto de gelo de 1 km no topo de [Dundee] Law, e eu me lembro de minha mente explodindo quando Max me contou sobre isso pela primeira vez”, disse Duncan em um comunicado.

“Você ouve números como esse, mas só quando vê como isso seria em relação a algo como Law, que se estende acima da cidade, é que você realmente começa a conceber o quão grande era essa geleira”.

As geleiras cobriam Dundee e a maior parte das Ilhas Britânicas há 20.000 anos, no final da última era do gelo (cerca de 2,6 milhões a 11.700 anos atrás). Conforme a Terra se aqueceu novamente cerca de 15.000 anos atrás, as geleiras recuaram e esculpiram relevos na paisagem, como Dundee Law, de acordo com o comunicado.

Van Wyk de Vries decidiu descobrir mais sobre o passado da Escócia quando visitou sua namorada em Dundee em março passado e não pôde voltar para casa nos Estados Unidos devido às medidas restritivas contra a COVID-19. O casal começou a explorar Dundee e arredores para se exercitar.

“Isso me fez pensar sobre essas lindas paisagens e como elas foram formadas pelo gelo que fluía”, disse Van Wyk de Vries.

Para encontrar detalhes sobre a geleira, ele examinou estudos científicos, dados locais e modelos de gelo. Ele também observou imagens de satélite das geleiras dos dias atuais na Groenlândia.

Van Wyk de Vries então recebeu financiamento público da Sociedade Britânica de Geomorfologia e se uniu a Duncan para acompanhar seu trabalho.

O filme de 3 minutos usa técnicas de visualização animadas, imagens filmadas e vídeo de timpelapse para trazer a geleira antiga à vida sobre Dundee.

Foi publicado no YouTube em 6 de setembro e faz parte da exposição “Time and Tide” no The McManus, o Museu e Galeria de Arte de Dundee, até 3 de outubro.