Marte há 2 bilhões de anos

Créditos da Imagem: Kevin Gill.

Parecem haver evidências consistentes fornecidas pelos rovers em missões passadas e recentes – como o rover Opportunity sempre resistente, e o recém-chegado Curiosity – e o Mars Reconnaissance Orbiter – uma nave espacial que está atualmente pairando sobre Marte – que Marte provavelmente já foi coberto por vastos lagos e oceanos, e foi recoberto por uma espessa atmosfera, muito semelhante à Terra. Kevin Gill, um engenheiro de software da New Hampshire, pintou digitalmente como Marte poderia ter sido há cerca de dois bilhões de anos usando dados científicos e a imaginação humana – o resultado final é extremamente provocativo e surpreendente ao mesmo tempo.

Gill usou um programa geoespacial open-source para criar um terreno paradisíaco para Marte, enquanto a atmosfera e  vegetação, eles foram adicionados com base na NASA’s Blue Marble: Next Generation. As características geológicas da pintura foram traçadas com base em dados da elevação original de mapeamentos topográficos da NASA. Inúmeras pesquisas têm revelado que a superfície de Marte foi mergulhada com deltas de rios, ravinas e costas oceânicas. Além disso, os resultados anteriores sugerem que Marte já foi coberto por uma espessa atmosfera, que gradualmente tornou-se cada vez mais fina com a falta de um campo magnético. Quanto a vegetação, nuvens e outros recursos pintados nestes pontos de vista bastante requintados, estes foram todos baseados na impressão artística do autor de como Marte pode ter parecido em seu auge.

“Não há nenhuma razão científica por trás de como eu pintei isso, eu tentei imaginar como a Terra apareceria dado certas características ou efeitos das prováveis alterações climáticas atmosféricas. Por exemplo, eu não vi muito verde tomando conta dentro da área do Monte Olimpo e os vulcões circundantes, tanto devido à atividade vulcânica e a proximidade com o Equador”, diz Gill.

“Isso não foi concebido como um cenário científico exato, e eu tenho certeza que algumas das minhas suposições podem estar incorretas”, Gill continuou. “Eu estou esperando pelo menos desencadear a imaginação, então por favor, divirta-se!”

Créditos da Imagem: Kevin Gill.
Créditos da Imagem: Kevin Gill.

A imagem de cima mostra o hemisfério ocidental de Marte, enquanto a imagem de baixo mostra o hemisfério oriental.

Créditos da Imagem: Kevin Gill.
Créditos da Imagem: Kevin Gill.

Conforme apresentado acima, Marte definitivamente seria capaz de abrigar vida, embora ninguém atualmente seja capaz de afirmar que a vida foi ou é apresentada no planeta vermelho. Talvez uma ideia ainda mais interessante inevitavelmente apareça quando se olhar para estas fotos deslumbrantes – podemos nós, seres humanos, transformar essas vistas deslumbrantes sobre Marte em realidade através da Terraformação?

A imagem abaixo é uma representação real de Marte como visto do espaço capturado pela Mars Global Surveyor, em 1999.

Imagem: Mars Global Surveyor, 1999.
Imagem: Mars Global Surveyor, 1999.
Fonte

Tibi Puiu. Mars covered in oceans of water: how the red planet might have looked billions of years ago. ZME Science. 2013.

CONTINUAR LENDO