Mundo rochoso com 17 vezes a massa da Terra

Crédito da Imagem: David A. Aguilar.

Por Sid Perkins.

A maioria dos planetas alienígenas com massas maiores do que a da Terra são gigantes gasosos como Júpiter, mas agora, os astrônomos dizem ter encontrado um novo tipo de exoplaneta: um mundo rochoso muito maior que a Terra com uma fina camada de atmosfera.

O mundo em questão, representado na imagem acima, chamado de Kepler-10c, orbita sua estrela-mãe de 11 bilhões de anos, semelhante ao Sol, uma vez a cada 45 dias. Foi estimado que seu diâmetro é de cerca de 2,3 vezes a da Terra, com um volume de pouco mais de 12 vezes o do nosso planeta.

As novas observações com sensores terrestres sugerem que Kepler-10c é 17 vezes mais pesado que a Terra, segundo o relatório divulgado na reunião da American Astronomical Society que será publicado na próxima edição da The Astrophysical Journal.

Os números de massa e volume – que sugerem uma composição rochosa, densa e aparentemente grande, e uma espessa atmosfera – surpreendem por ele ser um grande mundo rochoso, e consequentemente a primeira “mega-Terra” encontrada.

“Kepler-10c é realmente surpreendente”, dizem os pesquisadores, “anteriormente, os astrônomos hipotetizaram que qualquer planeta que teria uma enorme força gravitacional seria capaz de absorver todos os gases em sua vizinhança para se formar, eventualmente crescendo até se tornar um gigante gasoso como aqueles nos confins do nosso Sistema Solar. A existência de grandes mundos rochosos, como Kepler-10c, podem aumentar significativamente as chances de existir mais mundos potencialmente habitáveis do que havia se pensado anteriormente”, afirmam os pesquisadores.


Artigo publicado na Science. Rocky World Is 17 Times as Massive as Earth. 2 de Junho de 2014.

CONTINUAR LENDO