Pular para o conteúdo

Novo foguete americano será lançado levando um módulo lunar e cinzas da equipe original de Star Trek

missão de foguete a Lua

Um novo foguete dos EUA, o Vulcan Centaur da United Launch Alliance (ULA), deve fazer seu voo inaugural na véspera de Natal com uma carga útil que inclui um módulo lunar particular.

A missão, chamada Cert-1, também levará a bordo os restos mortais cremados de várias pessoas associadas à série original “Star Trek”, incluindo o criador Gene Rodenberry e a integrante do elenco Nichelle Nichols, que interpretou a personagem Uhura. As cinzas de Rodenberry já foram lançadas em órbita antes.

A decolagem está agendada para 24 de dezembro na base de lançamento da Força Espacial dos EUA em Cabo Canaveral, Flórida, anunciou a United Launch Alliance (ULA) na noite de terça-feira.

“Estaremos lançando várias vezes ao longo de 2024”, prometeu o CEO da ULA, Tory Bruno, em entrevista à CNBC. “Quando chegarmos na metade de 2025, lançaremos a cada duas semanas, então você verá um aumento constante.”

A ULA descreve o Vulcan Centaur como seu foguete de “próxima geração” que proporcionará maior desempenho e maior acessibilidade do que sua linha atual, que inclui o Atlas V.

A data de lançamento na véspera de Natal foi decidida devido à mecânica orbital e à disponibilidade da Deep Space Network da NASA para comunicações, com datas de backup nos dias seguintes.

A ULA já assinou um acordo com a Amazon para a Vulcan Centaur transportar uma grande parte da próxima constelação de satélites de Internet da gigante das compras online, chamada Kuiper.

O módulo lunar, chamado Peregrine, foi desenvolvido pela Astrobotic e pode se tornar o primeiro robô americano na Lua desde o fim do programa Apollo, em 1972.

A Astrobotic, sediada em Pittsburgh, recebeu financiamento da NASA para esta missão, que realizará pesquisas antes dos voos Artemis da agência espacial para retornar a presença humana na Lua nesta década.

Mas a NASA também assinou um contrato com a Intuitive Machines, cujo módulo de pouso deverá decolar a bordo de um foguete SpaceX Falcon 9 em meados de novembro.

A start-up japonesa ispace tentou se tornar a primeira empresa privada a pousar na Lua nesta primavera, mas a missão terminou em acidente.

A Índia pousou com sucesso na Lua em agosto, durante uma missão governamental. A agência espacial japonesa Jaxa também lançou uma missão à Lua em setembro, com o módulo de pouso tentando pousar no início de 2024.

Por AFP
Publicado no Phys.org