Um dinossauro com características de aves modernas

Reconstrução do dinossauro com penas Anchiornis, segundo os últimos dados de um estudo.Créditos: Julius T. Csotonyi.

Publicado na Scientific American

Devido à raridade na preservação de tecidos moles, a forma do corpo de vertebrados extintos – animais com coluna vertebral – deve ser deduzida a partir da estrutura de esqueleto e, de forma indireta, através de comparação com espécies vivas.

No entanto, esse tipo de reconstrução não mostra a verdadeira forma. Para obter essa informação em um pequeno dinossauro com penas do gênero Anchiornis, uma equipe de cientistas liderada por Xiaoli Wang da Universidade Linyi (China) usou restos de fósseis de nove espécimes e observou através de uma técnica que revela detalhes do tecido mole do animal que são invisíveis sob à luz natural.

“A forma do corpo é uma expressão fundamental da biologia dos organismos. Aqui, reconstruímos o contorno do corpo de Anchiornis com base em tecidos moles, que são revelados através de imagens de alta definição a partir de uma técnica de laser fluorescente”, explicam os pesquisadores no estudo publicado na Nature Communications.

O tecido mole dos contornos das amostras revelou que Anchiornis, um animal que viveu há cerca de 160 milhões de anos, tinha muitas das características das aves modernas, tal como a forma de suas patas e sua cauda.

Esses resultados fornecem uma reconstrução detalhada de seu corpo, o que pode proporcionar uma base para explicar a evolução do voo.

CONTINUAR LENDO
Compartilhar
Artigo anteriorA depressão é uma das principais causas de incapacidade no mundo
Próximo artigoA genética materna pode influenciar na orientação sexual
Graduando em Filosofia (2014) pela Universidade de Franca (UNIFRAN); estágio de iniciação científica em Microbiologia com enfoque em Astrobiologia (2016) pelo Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP); estudante da disciplina de Filosofia da Mecânica Quântica de pós-graduação (2016) pela Universidade de São Paulo (USP); experiência na área de Divulgação Científica com enfoque em Ciências Planetárias (Astronomia e Astrobiologia) e Ciências Cognitivas (Neurociência e Psicologia); fundador da Organização Universo Racionalista (UR); colaborador do Instituto Ética, Racionalidade e Futuro da Humanidade (IERFH); membro-estudante da Rede Brasileira de Astrobiologia (RBA). Tem interesse nas áreas de Astronomia, Astrobiologia, Biologia Evolutiva, Física, Filosofia da Ciência, História da Ciência, Microbiologia, Neurociência, Psicobiologia e Sociologia da Ciência. Abaixo, segue o endereço do currículo na plataforma Lattes.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz