20 frases de Mario Bunge contra a pseudociência e a ignorância

Na imagem, Mario Bunge.

Hoje é aniversário de Mario Bunge, um físico, filósofo da ciência e humanista argentino, defensor do realismo científico e da filosofia exata, que chega agora aos seus incríveis 95 anos de idade. Atualmente Mario Bunge trabalha na McGill University no Canadá, e como forma de homenagem, escolhi traduzir para o português 20 frases “polêmicas” do filósofo, segue elas:

  1. “O cérebro não produz o pensamento, o cérebro pensa. O músculo não produz contração, ele se contrai.”
  2. “O cérebro não é apenas moldado por genes e pelo ambiente natural, mas por desenvolvimento (ontogênese) e pelo ambiente social.”
  3. “A experiência individual das pessoas é subjetiva, mas o estudo dela deve ser objetiva.”
  4. “O subjetivismo é um obstáculo para a prática da medicina e é, portanto, um inimigo da saúde pública.”
  5. “O dualismo psico/físico não é uma teoria científica, não é sequer uma teoria; É uma tese ideológica que parte de cosmovisões mágico-religiosas.”
  6. “A pior característica do dualismo psicofísico é que ele obscurantiza a investigação, porque ele já tem a resposta para todos os problemas.”
  7. “A tese do dualismo psico/físico: é conceitualmente errada, é incompatível com a ciência, e há uma alternativa superior.”
  8. “As pessoas comuns, como nós, devem pagar por seus erros, enquanto os psicanalistas não pagam pelos seus.”
  9. “O método científico não pode ser implementado de forma consistente em um vácuo moral.”
  10. “Na ciência há problemas não resolvidos, mas não mistérios.”
  11. “Não deveríamos ensinar apenas o conteúdo específico, mas também o método tanto da ciência, da tecnologia como das humanidades.”
  12. “Os inimigos da ciência tendem a chamar de “positivismo” o objetivismo, mas todos os positivistas rejeitaram o realismo”.
  13. “Eu sou cientificista, mas antipositivista, porque o positivismo é anti-realista e anti-metafísica.”
  14. “Negar a ciência é muito mais fácil do que aprende-la.”
  15. “Uma contradição pode ser resolvida, uma confusão pode ser esclarecida, mas o absurdo é intratável.”
  16. “O pensamento informal (cotidiano ou intuitivo) está sujeito a múltiplas falácias e «ilusões cognitivas»”.
  17. “A cognição é pessoal, mas o conhecimento é social.”
  18. “Como acabar com a ciência? Enalteça o mistério, a mágica (pensamento mágico), denigra a razão e a experiência controlada.”
  19. “A ideia de que “não existe nada fora dos textos” é um dogma infame de Jacques Derrida.”
  20. “A exatidão não é um escrúpulo excessivo de palavras, mas um componente do pensamento claro, uma condição de teorização e um freio à controvérsia estéril.”

BÔNUS

Algumas frases em destaque do livro Las Pseudociencias ¡Vaya Timo! de Mario Bunge:

  1. “A pesquisa científica é, em poucas palavras, uma busca honesta pelo saber autêntico sobre o mundo real, especificamente em suas leis, com a ajuda de ambos os meios teóricos e empíricos — ou seja, o método científico — e porque todo o corpo do saber científico se supõe de uma coerência lógica e deve ser objeto de debate racional dentro de uma comunidade de pesquisadores.”
  2. “Para produzir conhecimento, o método científico deve ser acompanhado de uma cosmovisão científica: materialista, realista, racionalista, empirista e sistêmica. Este é o cerne do núcleo cético.”
  3. “A psicanálise não tem resolvido satisfatoriamente qualquer problema psicológico. Em vez disso, foi criado um grande problema: a limpeza da contaminação intelectual que foi produzida nas áreas “mistas” das humanidades e na cultura de massas.”
  4. “A psicanálise não está qualificada para ser considerada uma ciência. Ao contrário da crença popular, não é sequer uma ciência falha, uma vez que dispensa o método científico e ignora os contra-exemplos. Se trata simplesmente de charlatanismo psicológico.”
  5. “A pseudociência e a pseudotecnologia são versões modernas do pensamento mágico.”
  6. “A diferença entre ciência e protociência é uma questão de grau, a diferença entre protociência e pseudociência é qualitativa.”
  7. “O que pode parecer não-científico em um momento pode resultar em científico em outro e vice-versa.”
  8. “Mantemos a cientificidade e a verdade separadas, mesmo quando a investigação científica está em busca da verdade.”
  9. “A parapsicologia é a única pseudociência experimental, assim como a astrologia é a única pseudociência que utiliza os resultados de uma ciência (a astronomia).”
  10. “A julgar por alguns dos ataques ao ceticismo metodológico, foi com razão que considerei que a academia estava abrigando numerosas tocas de dogmatismo e obscurantismo.”
  11. “Somente as pessoas racionais se dedicam na investigação, no raciocínio, na avaliação, na crítica, no debate e na cooperação necessária para uma democracia moderna.”
CONTINUAR LENDO
Artigo anteriorUma crítica ao argumento ontológico de Gödel para a existência de Deus
Próximo artigoPor que explorar cometas é tão importante?
Douglas Rodrigues Aguiar de Oliveira
Sou fundador da Universo Racionalista | Graduando em Tecnologia em Redes de Computadores pela Universidade de Franca | Especialista em Fundamentals of Computing Network Security ( • Design and Analyze Secure Networked Systems • Basic Cryptography and Programming with Crypto API • Hacking and Patching • Secure Networked System with Firewall and IDS ) pela University of Colorado | Especialização em andamento em Cybersecurity ( • Computer Forensics • Network Security • Cybersecurity Fundamentals • Cybersecurity Risk Management • Cybersecurity Capstone ) pela Rochester Institute of Technology | Certificação em Information Security Specialist ( • InfoSec Foundation • Ethical Hacking Essentials • Computer Forensics Foundation ) pela ITCERTS | Certificação em Information Security Analyst ( • Information Security Policy Foundation • Vulnerability Management Foundation ) pela ITCERTS | Cursei integralmente as disciplinas teóricas em Licenciatura em Filosofia pela Universidade de Franca, mas não realizei o estágio supervisionado para a obtenção do diploma de Ensino Superior | Especialista em Journey of the Universe: A Story for Our Times pela Yale University | Colaborador do Instituto Ética, Racionalidade e Futuro da Humanidade | Colunista da Climatologia Geográfica | Membro da Rede Brasileira de Astrobiologia | Abaixo, segue o endereço do currículo na plataforma Lattes e LinkedIn.