7 fenômenos cósmicos que os físicos podem “ouvir” com ondas gravitacionais

0
1508

Pela terceira vez em dois anos, os físicos detectaram ondulações no tecido espaço-tempo, as chamadas ondas gravitacionais, que Albert Einstein previu a existência a mais de 100 anos atrás com sua teoria da relatividade geral.

“Einstein continua a agitar, no sentido de que continuamos empurrando os limites de sua teoria”, disse Vicky Kalogera, astrofísica da Northwestern University e analista de dados do LIGO, ao Business Insider. “Ele passa a cada teste a que o submetemos”.

As ondas gravitacionais vieram de dois buracos negros colidindo a cerca de 3 bilhões de anos-luz da Terra, e o experimento gigante chamado LIGO os detectou. LIGO é a sigla para Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferômetro Laser e se trata de um projeto fundado em 1992 e que vem observando ondulações no espaço-tempo provocadas por colisões e fusões de buracos negros.

Mas essa é apenas uma das muitas descobertas que as ondas gravitacionais podem nos trazer à medida que novos detectores se tornam conectados e são atualizados.

Créditos: Skye Gould/Business Insider

Texto adaptado do Business Insider.

CONTINUAR LENDO

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of