A hibernação humana é totalmente possível, dizem cientistas

0
712
Créditos: Sony Pictures / Victor Tangermann.

Traduzido por Julio Batista
Original de Kristin Houser, no Futurism

Os ursos podem ser o exemplo mais famoso, mas não são os únicos animais capazes de hibernar.

Vários tipos de esquilos, morcegos e até pássaros também podem diminuir a temperatura central de seus corpos, ficando em estado de dormência por semanas ou até meses seguidos – e no futuro, os humanos poderiam se juntar a eles nessa lista.

“Não conseguimos encontrar nenhum obstáculo que impedisse isso de ser possível”, disse recentemente John Bradford, engenheiro aeroespacial que pesquisava a hibernação humana da NASA, ao The Atlantic.

O trabalho da Bradford na NASA deve indicar uma das razões pelas quais os cientistas estão tão interessados ​​na hibernação humana: poderia ser útil para viagens no espaço sideral.

Se os astronautas pudessem entrar em um estado de hibernação para, digamos, uma viagem a Marte, eles não precisariam trazer tanta comida ou água com eles  e, dado que o custo da viagem espacial aumenta com cada quilo adicional de mantimento, o menos quase sempre é preferível ao mais.

Eles também poderiam viajar em naves espaciais menores, uma vez que não precisariam de espaço para se movimentar, e eles poderiam potencialmente evitar estresse psicológico associado com longos períodos de isolamento no espaço profundo.

Ainda assim, embora Bradford e outros cientistas que conversaram com o The Atlantic não pensem que a hibernação humana seja impossível, eles ainda precisam descobrir como realizá-la.

Vários destes cientistas estão atualmente concentrando suas pesquisas em encontrar um medicamento que possa diminuir com segurança a temperatura do corpo humano. Se conseguirem isso, terão eliminado um dos maiores obstáculos à hibernação humana – e, talvez, também abririam o caminho para a exploração profunda do espaço sideral.

CONTINUAR LENDO