Arquivistas descobrem as primeiras evidências de que uma pessoa foi morta por um meteorito

Créditos: Chris Butler / Science Source.

Por Sid Perkins
Publicado na Science

Contos de pessoas mortas por impactos de meteoritos remontam aos tempos bíblicos. Porém, poucas mortes foram realmente documentadas. Agora, pesquisadores turcos descobriram as primeiras evidências de que um meteorito matou um homem e paralisou outro quando bateu no topo de uma colina no que hoje é o Iraque, em agosto de 1888.

Os documentos que descrevem o evento foram encontrados nos arquivos do estado turco, informou hoje a equipe na revista Meteoritics & Planetary Science. De acordo com uma das três cartas escritas pelas autoridades locais na região logo após o evento, o meteorito assassino foi um dos vários outros que caíram durante um intervalo de 10 minutos. Relatos de uma bola de fogo vista em uma cidade próxima sugerem que o objeto se aproximou da área a partir do sudeste antes de explodir na atmosfera (representação artística de um ataque de meteorito na foto acima).

Além das baixas humanas, algumas plantações e campos foram significativamente danificados, informam as cartas. Uma das cartas também estava supostamente acompanhada de uma amostra do meteorito, mas os pesquisadores ainda não encontraram esse objeto em arquivos ou museus turcos, observam os pesquisadores.

Pesquisas adicionais com milhões de documentos digitalizados recentemente podem gerar mais informações sobre o evento.

CONTINUAR LENDO