Assista ao primeiro vídeo de um vírus crescendo em tempo real

As filmagens podem nos ajudar a encontrar novas maneiras de combater infecções.

Créditos: Futurism / Victor Tangermann.

Por Victor Tangermann
Publicado no Futurism

Pela primeira vez, pesquisadores capturaram a formação de vírus individuais com câmeras em tempo real – e as filmagens podem gerar novas ideias sobre a melhor forma de combater os vírus.

Em um artigo publicado recentemente na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, a equipe da Escola de Engenharia e Ciências Aplicadas de Harvard John A. Paulson, da Universidade Harvard, detalha que obteve as filmagens utilizando um microscópio altamente especializado e uma técnica chamada “microscopia de dispersão interferométrica”.

“Nossa técnica mostra como os vírus se agrupam”, disse o pesquisador Vinothan Manoharan em um comunidade de imprensa. “A técnica revela também a cinética e os caminhos em detalhes quantitativos”, completa.

A equipe concentrou seus estudos no vírus RNA, o tipo mais comum de vírus na Terra e o responsável pelo resfriado comum, poliomielite e uma série de outras doenças.

As manchas escuras no vídeo são, de fato, estruturas que se assemelham ao formato de bolas de futebol com anéis hexagonais e pentagonais de proteínas que envolvem o vírus RNA. A concha resultante ao redor do vírus é chamada de “capsídeo”.

De acordo com Manoharan, o padrão em que esses pontos aparecem à medida que o vírus se agrupa fornece pistas sobre como combater alguns tipos de vírus.

“Se os núcleos se formam muito rapidamente, os capsídeos completos não podem crescer”, disse ele no comunicado de imprensa. “Essa observação pode nos dar algumas ideias sobre como impedir o agrupamento de vírus patogênicos”.

CONTINUAR LENDO