Cientistas descobrem primeiro planeta rochoso semelhante ao tamanho da Terra

Kepler-78b é cerca de 20% maior do que a Terra e é 70% mais massivo.Créditos da Imagem: David A. Aguilar.

Os astrônomos descobriram o primeiro planeta do tamanho da Terra fora do sistema solar, com uma composição rochosa semelhante a da Terra. O planeta Kepler-78b orbita em torno de sua estrela-mãe a cada 8,5 horas, tornando-se um inferno ardente e impossibilitando à existência da vida como a conhecemos. Os resultados foram publicados em dois artigos na revista Nature.

“A notícia chegou em grande estilo com a mensagem: ‘Kepler-10b tem um irmão mais novo’, disse Natalie Batalha, cientista da missão Kepler no Centro de Pesquisas Ames da NASA em Moffett Field, Califórnia. Natalie liderou a equipe que descobriu o Kepler-10b, um planeta maior, mas também rochoso identificado pela sonda Kepler.

“A mensagem expressa a alegria de saber que a família de exoplanetas Kepler está crescendo”, reflete Natalie. “Ele também fala de progresso. As equipes Doppler estão atingindo maiores precisões, medindo massas de planetas menores em cada turno. Isto é bom para o objetivo mais amplo de um dia encontrar evidências de vida fora da Terra.”

Kepler-78b foi descoberto usando dados do telescópio espacial Kepler, da NASA, que há quatro anos, simultaneamente e continuamente têm monitorado mais de 150 mil estrelas à procura de mergulhos reveladores que revelam o brilho causado pelos cruzamentos e/ou trânsitos planetários.

Concepção de um artista de Kepler-78b orbita sua estrela-mãe a cada 8,5 horas. Crédito: David A. Aguilar (CfA)
Concepção Artística do Kepler-78b – Ele orbita sua estrela-mãe a cada 8,5 horas.
Créditos da Imagem: David A. Aguilar.

Duas equipes de pesquisa independentes utilizaram telescópios terrestres para confirmar e caracterizar Kepler-78b. Para determinar a massa do planeta, as equipes empregaram o método de velocidade radial para medir o quanto o puxão gravitacional de um planeta em órbita de sua estrela-mãe provoca. Kepler, por outro lado, determina o tamanho ou o raio de um planeta pela quantidade de luz estelar bloqueada (quando ele passa em frente de sua estrela hospedeira).

O Kepler-78b é o primeiro a ter uma medida de massa e tamanho semelhante com a da Terra. Com ambas as quantidades conhecidas, os cientistas podem calcular a densidade e determinar do que o planeta é feito.

O Kepler-78b é 1,2 vezes o tamanho da Terra e 1,7 vezes mais massivo, resultando em uma densidade semelhante a da Terra. Isto sugere que o Kepler-78b também é feito principalmente de rocha e ferro. Sua estrela é um pouco menor e menos massiva que o Sol e está localizado a cerca de 400 anos-luz da Terra na constelação de Cygnus.

[NASA]

Artigo anteriorDescoberto Possível Sistema Solar com Sete Planetas
Próximo artigoEngenheiros da NASA transmitem Internet de 622 Mbps à Lua
Douglas Rodrigues Aguiar de Oliveira
Fundador do projeto de divulgação científica e filosófica Universo Racionalista. Pós-graduação em Ethical Hacking e Cybersecurity do Centro de Inovação VincIT (UNICIV) pela Faculdade Eficaz. Pós-graduação em andamento em Filosofia pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Especialização em Epidemiology in Public Health Practice pela Johns Hopkins University (Coursera Specialization). Especialização em Fundamentals of Computing Network Security pela University of Colorado System (Coursera Specialization). Especialização em Journey of the Universe: A Story for Our Times pela Yale University (Coursera Specialization). Especialização em andamento em Computational Social Science pela University of California, Davis (Coursera Specialization). Graduação em Tecnologia em Redes de Computadores pela Universidade de Franca (UNIFRAN). Graduação em andamento em Tecnologia em Radiologia pela Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Editor-chefe do Instituto Ética, Racionalidade e Futuro da Humanidade. Colaborador da revista cética argentina Pensar, uma publicação da organização internacional Center for Inquiry. Endereço do Currículo Lattes e do Catarse.