Como a biologia quântica pode explicar as grandes questões da vida

Créditos da Imagem: Nature.

Como que um pisco sabe voar para o sul? A resposta pode ser mais estranha do que você imagina: a mecânica quântica pode estar envolvida. Jim Al-Khalili reuniu o novíssimo, estranhíssimo mundo da biologia quântica, algo que Einstein um dia chamou de a “ação fantasmagórica à distância” ajuda os pássaros a navegarem, e o efeito quântico pode explicar a origem da vida.

CONTINUAR LENDO
Compartilhar
Artigo anteriorNova revisão questiona a validade de milhares de estudos sobre o cérebro
Próximo artigoO “porquê” e o “como” do altruísmo eficaz
Douglas Rodrigues Aguiar de Oliveira
Sou fundador da Universo Racionalista | Graduando em Tecnologia em Redes de Computadores pela Universidade de Franca | Especialista em Fundamentals of Computing Network Security ( • Design and Analyze Secure Networked Systems • Basic Cryptography and Programming with Crypto API • Hacking and Patching • Secure Networked System with Firewall and IDS ) pela University of Colorado | Especialização em andamento em Cybersecurity ( • Computer Forensics • Network Security • Cybersecurity Fundamentals • Cybersecurity Risk Management • Cybersecurity Capstone ) pela Rochester Institute of Technology | Certificação em Information Security Specialist ( • InfoSec Foundation • Ethical Hacking Essentials • Computer Forensics Foundation ) pela ITCERTS | Certificação em Information Security Analyst ( • Information Security Policy Foundation • Vulnerability Management Foundation ) pela ITCERTS | Cursei integralmente as disciplinas teóricas em Licenciatura em Filosofia pela Universidade de Franca, mas não realizei o estágio supervisionado para a obtenção do diploma de Ensino Superior | Especialista em Journey of the Universe: A Story for Our Times pela Yale University | Colaborador do Instituto Ética, Racionalidade e Futuro da Humanidade | Colunista da Climatologia Geográfica | Membro da Rede Brasileira de Astrobiologia | Abaixo, segue o endereço do currículo na plataforma Lattes e LinkedIn.