Dez luas que os humanos podem colonizar [3]: Ganímedes

0
1418

Artigo traduzido e originalmente publicado no site List Verse.

Depois de longos meses parado, vou retomar à série ”Dez luas que os humanos podem colonizar”. Iremos falar hoje sobre a maior delas: Ganímedes, de Júpiter.

ganymede-lune-de-jupiter-galileo

Ganímedes é a maior lua de Júpiter e com o aperfeiçoamento da tecnologia surgiu a suspeita de que a água líquida existe sob sua superfície. Comparado com outras luas cobertas de gelo, a superfície de Ganímedes é considerada relativamente fina e, portanto, deve ser mais fácil de ser penetrada.

ganymede-aurorae
Um ”mapa” geral da superfície de Ganímedes.

Ganímedes é também a única lua no sistema solar a ter seu próprio campo magnético. Isto causa auroras na lua semelhantes às da Terra. O fato de que essas auroras não parecem se mover de forma grandiosa indica aos cientistas que há um oceano sob a superfície. Ganímedes também possui uma fina atmosfera de oxigênio. Embora pareça ser muito fina para a vida como conhecemos poder existe, existe potencial para alguma forma de terraformação nesta lua.

cc_ganymede_feat_free

Em 2012, a Agência Espacial Europeia recebeu a autorização para lançar uma missão para explorar Ganimedes, juntamente com outras duas luas de Júpiter – Calisto e Europa. A missão está prevista para ser lançada em 2022 e espera-se chegar a Ganímedes uma década mais tarde. Embora as três luas sejam de imenso interesse para os pesquisadores, acredita-se que Ganímedes possa muito bem conter o ambiente mais rico para estudo entre todas elas.

pia18005l-full
Composição química de Ganímedes e uma pequena comparação de seu tamanho com a Lua e com Mercúrio.
CONTINUAR LENDO
Artigo anteriorCarta para Carl Sagan
Próximo artigoDez luas que os humanos podem colonizar [4]: Calisto
Ruan Bitencourt Silva
Nativo de Lages, Santa Catarina, eu sou cético, liberal, secularista, humanista, ateísta, roqueiro punk, flamenguista e um fã assíduo da ciência, da música, do esporte, da literatura e da cinematografia. Apaixonado por rock e pelo Universo, sonho em me tornar um guitarrista e astrofísico profissional (e, quem sabe, ser premiado com um Nobel e/ou um Grammy). Sou constantemente inspirado todos os dias por bandas como Nirvana, Legião Urbana e Green Day, por músicos como Kurt Cobain, Renato Russo e Billie Joe Armstrong, e por personalidades históricas como Carl Sagan, Isaac Newton e Albert Einstein. Atualmente ocupo meu tempo compondo músicas, escrevendo textos, lendo, tocando guitarra, e assistindo minhas séries preferidas. Pretendo, nos próximos anos, iniciar um bacharelado no ramo da Física, e após o término deste, construir uma pós-graduação voltada ao ramo da Astronomia. Se por ventura esse plano não der certo, seguirei a carreira como guitarrista e compositor, seja em uma banda completa ou até mesmo em uma carreira solo.