Em memória de Raymond Smullyan

0
1308

Raymond Merrill Smullyan nasceu em 25 de maio de 1919 e faleceu em 6 de fevereiro de 2017. Foi um mágico, filósofo, matemático, lógico e pianista. Autor de uma grande quantidade de livros sobre filosofia e charadas lógicas, e, apesar do humor em seus livros, teve uma carreira acadêmica muito séria na área de lógica-matemática.

Talvez a melhor maneira de explicar quem foi Smullyan seja através de uma história de sua infância, que está no primeiro Capítulo de seu livro What is the Name of This Book?”.

Era primeiro de Abril, Raymond era uma criança de seis anos de idade e estava adoentado em casa. Na manhã desse dia, o seu irmão Emile aproximou-se e disse: “Bom, Raymond, hoje é primeiro de Abril e vou enganar você como nunca enganei antes!”. Pequeno Raymond esperou o dia inteiro para ser enganado, mas seu irmão não o fez. No fim da noite a mãe dos garotos questionou Raymond, “Por que você não foi ainda para cama?” e ele respondeu “Estou esperando Emile me enganar”. A mãe, incomodada com a situação, chama Emile e pede que engane logo Raymond. Emile começou o seguinte diálogo com Raymond:

Emile: Então, você esperava que eu enganasse você, não é?

Raymond: Sim.

Emile: Mas eu não fiz, fiz?

Raymond: Não.

Emile: Mas você esperava que eu fizesse, não é?

Raymond: Sim.

Emile: Então eu enganei você, não é!

Pequeno Raymond não poderia estar mais fascinado pela lógica. Essa experiência influenciou muito sua vida e o seu trabalho como escritor. Seus livros de charadas lógicas são uma forma de aprender lógica brincando com a intuição humana, pois as situações inusitadas somente podem ser resolvidas através do pensamento lógico.

Seu trabalho foi muito além de algumas charadas em livros. Trabalhou principalmente com lógica, teve seu doutorado sobre lógica formal intitulado “Theory of Formal Systems” e orientado por ninguém menos que Alonzo Church. Escreveu livros sobre infinito, Incompletude de Gödel e Lógica Combinatória.

Uma das frases mais profundas, marcantes e engraçadas de Simullyan é:

Why should I worry about dying? It’s not going to happen in my lifetime!” [Tradução: “Por que eu deveria me preocupar com a morte? Não vai acontecer enquanto eu estiver vivo”.]

O mundo sentirá muita sua falta, Smullyan!

Quer saber mais sobre Raymond Smullyan? Assista o vídeo!

CONTINUAR LENDO