Este mapa interativo da Terra mostra onde sua casa estava há 750 milhões de anos

0
498
Créditos: Ian Webster / Ancient Earth.

Por Michelle Starr
Publicado na ScienceAlert

A Terra, com seus continentes familiares, disposta na configuração que você conhece e ama, nem sempre se pareceu com o que é agora.

Suas massas de terra, uma vez presas e juntas em supercontinentes, racharam, se partiram e se afastaram umas das outras, e repetidamente se juntaram ao longo dos 4,5 bilhões de anos de história de nosso planeta.

Em um certo sentido, a localização de sua cidade natal, portanto, fez mais viagens pelo mundo do que você. E, graças a um ótimo site interativo que está circulando recentemente, você pode até mesmo explorar o quanto aquele local mudou ao longo de centenas de milhões de anos.

Chama-se Ancient Earth Globe, lançado há alguns anos pelo paleontologista Ian Webster. Ele combina mapas paleogeográficos desenvolvidos como parte do projeto PALEOMAPS – liderado pelo geólogo e paleogeógrafo Christopher Scotese – e os dados do GPlates, um repositório de dados de geociências de código aberto.

“Estou surpreso que os geólogos coletaram dados suficientes para realmente traçar minha casa há 750 milhões de anos, então pensei que todos vocês gostariam também”, escreveu Webster no Hacker News em 2018.

“Mesmo que os modelos de placas tectônicas retornem resultados precisos, você deve considerar os gráficos de maneira aproximada (obviamente, nunca seremos capazes de provar a exatidão). Em meus testes, descobri que os resultados do modelo podem variar significativamente. Escolhi este modelo específico porque é amplamente citado e cobre o maior período de tempo”.

Com a ferramenta combinada, você pode basicamente ir ao passado na evolução da Terra, retrocedendo até 750 milhões de anos atrás. Isso não é toda a história do planeta, mas abrange quatro supercontinentes – Panótia, Gonduana, Laurência e Pangeia.

Quando você abre o mapa, o padrão é o período de 240 milhões de anos atrás – o período Triássico Médio, quando a Pangeia dominou o globo, o último supercontinente antes do mundo como o conhecemos emergir. A vida estava se recuperando do evento devastador – a extinção do Permiano-Triássico, cerca de 10 a 12 milhões de anos antes desse mapa padrão, e os dinossauros e mamíferos estavam novamente prosperando.

Créditos: Ian Webster / Ancient Earth.

Você pode explorar como era o mundo no momento de diferentes eventos em um menu suspenso à direita, embora de acordo com o repositório do Webster no GitHub para o site, atualizado pela última vez há cinco anos, algumas das informações podem estar desatualizadas agora.

Mas você também pode escolher suas próprias datas no menu suspenso no centro; além disso, no canto superior esquerdo – esta é a parte pela qual você estava esperando – uma caixa de texto permite que você insira uma localização que você pode rastrear ao longo dos tempos, com linhas marcadas para mostrar as fronteiras na Terra atual.

“Meu software ‘geocodifica’ a localização do usuário e, em seguida, usa os modelos (do Scotese) para executar sua localização retroativamente no tempo”, disse Webster à CNN. “Eu construí a visualização do globo interativo e a integração de geocodificação e os dados do GPlates para que as pessoas pudessem se conectar suas próprias localizações”.

Na verdade, é divertido voltar no tempo e ver sua cidade natal abaixo do mar, ou a aparência gradual de cumes de montanhas que você reconhece conforme dá um passo à frente. E é um bom lembrete de que nada – nem mesmo este nosso lindo planeta – permanece o mesmo.