Homens podem ser mais vulneráveis ao coronavírus devido a níveis mais altos de uma enzima nos pulmões

0
258
Coronavírus
Credito: Freepik.

Por Mia Jankowicz
Publicado na Business Insider

Uma razão pela qual os homens têm maior probabilidade de morrer de coronavírus do que as mulheres pode ser devido aos altos níveis de uma enzima específica em seus pulmões, o que ajudaria o coronavírus a se manter ali, segundo um novo estudo.

O estudo, realizado com mais de 3.500 pessoas, foi publicado em 10 de maio no European Heart Journal, uma revista de revisão por pares.

Os pesquisadores encontraram concentrações mais altas da enzima conversora de angiotensina 2 (ECA2) em indivíduos do sexo masculino em comparação com as mulheres. O tamanho da amostra foi seletivo: todas as 3.500 pessoas eram idosas e apresentavam insuficiência cardíaca.

Nenhuma delas havia sido infectada com o coronavírus, mas os pesquisadores envolvidos acreditam que outras pesquisas sobre como o ECA2 interage com o vírus podem ajudar a explicar a disparidade nas taxas de mortalidade entre homens e mulheres.

O ECA2, encontrado em vários órgãos, incluindo os pulmões, liga-se ao coronavírus, como o que causa a COVID-19 e permite que infecte mais facilmente células saudáveis, de acordo com um dos autores do estudo.

O Dr. Adriaan Voors é professor de cardiologia na University Medical Center Groningen, na Holanda, onde o estudo foi conduzido.

“Níveis elevados de ECA2 estão presentes nos pulmões e, portanto, acredita-se que ele desempenhe um papel crucial na progressão de distúrbios pulmonares relacionados ao COVID-19”, diz o Dr. Voors à Sociedade Europeia de Cardiologia.

“Quando descobrimos que um dos biomarcadores mais fortes, o ECA2, era muito maior em homens do que em mulheres, eu percebi que isso tinha o potencial de explicar o porquê os homens tinham maior probabilidade de morrer da COVID-19 do que as mulheres”, diz o Dr. Iziah Sama, pesquisador da UMC Groningen, coautor do estudo.

Estudos de seis países diferentes descobriram que os homens têm 50% mais chances de morrer da COVID-19 do que as mulheres, como publicado anteriormente pelo Business Insider. A diferença de gênero entre as infecções não tem sido tão acentuada em todo o mundo – na Coreia do Sul, por exemplo, os homens são minoria, enquanto em Nova York são uma pequena maioria.

Os pesquisadores levantaram várias outras hipóteses sobre o porquê os homens parecem ser mais vulneráveis ao vírus, além dos receptores ECA2.

Os homens tendem a ser mais propensos a condições preexistentes que agravam o vírus, como pressão alta ou diabetes. Em muitos países, os homens também fumam mais do que as mulheres, e alguns estudos mostram que os homens têm menos probabilidade de lavarem as mãos.

CONTINUAR LENDO