Morre hoje, na data de nascimento de Einstein, o cosmólogo Stephen Hawking

O reconhecido cosmólogo britânico Stephen Hawking morreu nesta quarta-feira, aos 76 anos, anunciou sua família em um comunicado.

“Estamos profundamente tristes porque nosso querido pai faleceu hoje”, declararam os filhos do cosmólogo, Lucy Robert e Tim, em um comunicado publicado pela agência britânica Press Association.

“Foi um grande cientista e um homem extraordinário, cujo trabalho e legado perdurarão por muitos anos”.

Biografia

Hawking nasceu em 8 de janeiro de 1942 em Oxford, na Inglaterra, 300 anos após a morte de Galileu. Quando fez 8 anos de idade, se mudou para St. Albans, cidade localizada a cerca de 30 km de Londres, na Inglaterra.

Um dos mais conhecidos cientistas do mundo, estudou na University College, de Oxford, que também foi a faculdade de seu pai. Stephen queria estudar matemática, enquanto sua família o queria estudante de medicina. Como matemática não estava disponível na grade da universidade, ele escolheu física e se formou em 1962.

Três anos depois, o físico recebeu sua primeira premiação na classe licenciatura em Ciências Naturais – ao longo de sua carreira, recebeu 15 medalhas e prêmios. Ele saiu de Oxford e foi para Cambridge fazer uma pesquisa na área de cosmologia, já que não havia essa área na universidade em que estudava.

Ele era doutor em cosmologia. Foi professor de matemática na Universidade de Cambridge, onde era professor lucasiano emérito – mesmo cargo ocupado por grandes cientistas como Charles Babbage, Isaac Newton e Paul Dirac. Ele também era diretor do Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica da mesma universidade. Suas principais áreas de especialidade eram cosmologia teórica e gravidade quântica.

Hawking também foi autor de 14 livros, entre eles “O universo em uma casca de noz” e “Uma nova história do tempo”. Em 2014, sua história de vida foi contada no filme “A teoria de tudo”, vencedor de um Oscar.

CONTINUAR LENDO
Compartilhar
Artigo anteriorBiologia dos sexos redefinida: Genes não indicam sexos binários
Próximo artigoComo a atividade cerebral define nosso comportamento?
Douglas Rodrigues Aguiar de Oliveira
Sou fundador da Universo Racionalista | Graduando em Tecnologia em Redes de Computadores pela Universidade de Franca | Especialista em Fundamentals of Computing Network Security ( • Design and Analyze Secure Networked Systems • Basic Cryptography and Programming with Crypto API • Hacking and Patching • Secure Networked System with Firewall and IDS ) pela University of Colorado | Especialização em andamento em Cybersecurity ( • Computer Forensics • Network Security • Cybersecurity Fundamentals • Cybersecurity Risk Management • Cybersecurity Capstone ) pela Rochester Institute of Technology | Certificação em Information Security Specialist ( • InfoSec Foundation • Ethical Hacking Essentials • Computer Forensics Foundation ) pela ITCERTS | Certificação em Information Security Analyst ( • Information Security Policy Foundation • Vulnerability Management Foundation ) pela ITCERTS | Cursei integralmente as disciplinas teóricas em Licenciatura em Filosofia pela Universidade de Franca, mas não realizei o estágio supervisionado para a obtenção do diploma de Ensino Superior | Especialista em Journey of the Universe: A Story for Our Times pela Yale University | Colaborador do Instituto Ética, Racionalidade e Futuro da Humanidade | Colunista da Climatologia Geográfica | Membro da Rede Brasileira de Astrobiologia | Abaixo, segue o endereço do currículo na plataforma Lattes e LinkedIn.

Deixe um comentário

7 Comentários em "Morre hoje, na data de nascimento de Einstein, o cosmólogo Stephen Hawking"

avatar
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ana Cristina Ristow Wolff
Visitante

Grande homem!!!

Norah André
Visitante

Fará falta.
Elogiemos sua fibra que o trouxe até esta idade, quando sua expectativa ao ser diagnosticado era de apenas 2 anos de vida.
Rememoremos ainda seu pronunciamento e posição na renomada Declaração de Cambridge, onde atestou a consciência de TODOS os animais.
RIP
E obrigada.

Ana Grace
Visitante

Sabemos que ele não viveria eternamente, mas que poderia ter ficado um pouco mais por aqui, poderia. O mundo estaria melhor. Triste. Muito triste.

waldeir
Visitante

Um dia triste. outro desses não aparecera tão cedo

Vinicius Gabriel
Visitante

Que pena! No entanto, o legado de Stephen Hawking permanecerá. Além do mais, todos aqueles que pensam por si mesmos são reflexos de uma doutrina milenar que remonta (provavelmente) a Lucrécio: a doutrina em entender o mundo pelos olhos da razão — destituído do sobrenatural, destituído de deuses, destituído de crenças. Em outras palavras, o mundo-em-si-mesmo…