Biologia dos sexos redefinida: Genes não indicam sexos binários

13
328

Por
Publicado na Stanford Medicine

Imagine uma mulher de 46 anos grávida da sua terceira criança, cuja amniocentese revela que metade das suas células carregam cromossomos masculinos. Ou um homem de 70 anos, pai de três, que descobre durante um reparo de hérnia que ele tem um útero. Uma matéria recente na Nature mencionou esses casos conforme elaborava sobre o espectro da biologia do sexo. Pessoas podem ser sexadas (ter seu sexo atribuído) de maneiras errôneas e sequer estarem cientes do ocorrido; de fato, a maioria provavelmente não está. Até 1 em cada 100 pessoas possuem alguma forma de “DSD”, uma diferença ou desordem do desenvolvimento sexual (sigla em inglês – Difference/Disorder of Sex Development).

O cenário simples que muitos de nós aprendemos na escola é que dois cromossomos X fazem alguém ser do sexo feminino, enquanto um X e um Y fazem o indivíduo ser do sexo masculino. Essas são maneiras simplistas de falar sobre algo que é cientificamente muito complexo. Anatomia, hormônios, células e cromossomos (para não falar de convicções pessoais sobre identidade) geralmente não estão alinhadas em uma classificação binária.

A matéria da Nature reúne pesquisas que mudaram a forma que pesquisadores enxergam os sexos. Novas tecnologias em sequenciamento de DNA e biologia celular estão revelando que o sexo cromossomal é um processo, não uma atribuição.

Como dito no artigo, Eric Vilain, médico e PhD, diretor do Centro de Biologia Baseada em Gênero da UCLA, explicou que a determinação sexual é uma disputa entre duas redes opostas de atividades gênicas. Mudanças nessa atividade ou nas quantidades de moléculas nessas redes podem “direcionar” o embrião à favor ou contra o sexo que os cromossomos deveriam determinar. “Foi, de certa forma, uma mudança filosófica na maneira de enxergamos os sexos; é um balanço”

Além disso, estudos em ratos estão mostrando que o equilíbrio da manifestação dos sexos pode ser alterado até mesmo após o nascimento; de fato, é algo ativamente mantido por toda a vida do rato.

De acordo com a matéria da Nature, desordens intersex verdadeiras, como aquelas causadas por genes divergentes ou pela inabilidade das células em responder à hormônios, geram conflitos entre o sexo cromossomal e o sexo anatômico. Mas essas são raras, cerca de um em cada 4500 casos. Para a probabilidade de 1 em 100, eles usaram uma definição mais inclusiva de DSDs. Mais de 25 genes afetam o desenvolvimento sexual foram identificados, e eles possuem uma larga gama de variações que afetam as pessoas de maneiras sutis, Muitas diferenças não são nem notadas até encontros médicos incidentais, como nos cenários descritos na abertura deste texto (o primeiro foi provavelmente causado por embriões gêmeos se fundindo no útero da mãe; o segundo, por uma desordem hormonal).

Além disso, cientistas agora compreendem que o corpo de todos é formado por um mosaico de células geneticamente distintas, e algumas podem ter um sexo diferente das demais. Esse “mosaicismo” pode ter efeitos desde os indetectáveis até os extraordinários, como gêmeos “idênticos” de sexos diferentes. Um caso extremamente comum de mosaicismo advém de células transpassando a barreira placentária durante a gravidez. Homens comumente carregam células de sua mãe, e mulheres carregam células masculinas de seus filhos. Pesquisas mostraram que essas células permanecem por décadas, mas que efeitos elas podem ter em doenças e comportamento é uma pergunta que praticamente não foi estudada até o momento.

Essa é uma maneira difícil de pensar sobre corpos em um mundo social onde o sexo é definido de maneira binária. O sistema legal depende de ser capaz de classificar pessoas em homens ou mulheres, e o status social é comumente determinado pelo sexo na certidão de nascimento. Pais e médicos de crianças intersex encaram problemas éticos espinhosos com relação a potenciais cirurgias, terapias e modos de educação da criança. As implicações de uma melhor compreensão das DSDs são imensas.

Conforme nossa compreensão da biologia continua a avançar, nossos sistemas legais, sociais e médicos precisarão evoluir também. Confira o artigo original da Nature para uma discussão desses problemas, bem como pesquisas mais interessantes acerca da biologia dos sexos.

CONTINUAR LENDO

13
Deixe um comentário

avatar
5 Comment threads
8 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors
Edson SilvaAngelaNival MiguelThiagoMiguel Recent comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Thiago
Visitante
Thiago

1 a cada 100: doença definida há muito tempo pela ciência médica e biológica. O resto é propaganda de esquerdalha imbecil filho da puta.

Louis C. Morelli
Visitante

“Foi, de certa forma, uma mudança filosófica na maneira de enxergamos os sexos; é um balanço” Sexo e’ uma palavra humana carregada que faz um fenômeno natural universal ainda desconhecido tornar-se antropomórfico, reduzindo a universalidade desta propriedade natural, no máximo, na sua manifestação em relação aos sistemas biológicos. `A medida que formos expandindo nossos horizontes de conhecimentos e for-mos percebendo esta propriedade nos seus primórdios se manifestando nos outros sistemas naturais, em suas formas físicas mais primitivas, irão mudando nossos conceitos filosóficos e nossos valores sobre este fenômeno. Crer por exemplo que essa extraordinária engenharia do aparato sexual e reprodução… Read more »

Bene Maia
Visitante
Bene Maia

Texto com informações muito interessantes e curiosas. Parabéns pelo trabalho!

Louis C. Morelli
Visitante

Mais uma lição na vida. certa vez numa aula um aluno perguntou: ” Professor, mas isto só acontece no útero em mulheres ou em homens também?” O professor deu um pulo, jogou o giz no aluno, a classe veio em baixo, foi uma gargalhada homérica. O aluno não sabia o que e’ útero. Esta ai’, com essa noticia descubro 30 anos depois que a pergunta daquele aluno estava correta.

Alexandre de Brito Silva
Visitante
Alexandre de Brito Silva

Não fala merda, comunista!!!!
Traga estudos internacionais, mais antigos.
Porque estudos recentes são vendidos!!!!!!!!

Miguel
Visitante
Miguel

Bastou contrariar sua tacanha visão de mundo pra apelar pro “comunista”. Felizmente A CIÊNCIA AVANÇA, para o incômodo (cada vez maior) dessa gente.

Angela
Visitante
Angela

❤️

Louis C. Morelli
Visitante

Alexandre de Brito Silva – Chiiii…, parece que os porcos descobriram este nosso adorado nicho e espaço intelectual e vieram querer transforma-lo no seu chiqueiro também. Por estas palavras se percebe claramente o teor do veneno reptiliano ejectado, a agressividade provinda da fúria de vulcões internos em chamas clamando por violências, tipico dos grandes predadores. Nenhum dado cientifico, nenhum “paper” com informações contraditórias, apenas a costumeira tentativa de distorção do que e’ atividade sublime humana como a busca suprema de conhecimentos pelo valido método naturalista cientifico, por não possuírem-na e não entender que ela possa existir nos outros humanos. Então… Read more »

Thiago
Visitante
Thiago

Esse bando de pau no cu não cansa. Trouxas. 1 a cada 100 é a normalidade que eles vendem pros compradores de merda que querem se chamar de ESTUDADOS. Analfabetos. VOLTEM PRO BÁSICO.

Louis C. Morelli
Visitante

Mas porque esta ridícula repetição do ponto de exclamação? Na sua mente distorcida você acredita que isto passa a impressão de voz gritante e potente revelando autoridade? Ja não usam mais os textos inteiros com letras maiúsculas naquela flagrante falta de educação e civismo? Mas aqui ninguém teme e aceita gritos, nos expulsamos para fora. Admiramos vozes que expressam conhecimento citando fatos naturais reais comprovados ou inteligentes conceitos sobre estes fatos, expressados civilizadamente. Provavelmente deves aderir ao uso daquele pedaço de pano inútil colorido que chamam de gravata adornando feministicamente o pescoço de quem deveria ser macho mas que e’… Read more »

Edson Silva
Visitante
Edson Silva

Boa noite Louiz ,parabéns pela matéria,infelizmente a internet está iinfestata desses parasitas mas continue postando suas matérias porque sou um grande fã desse blog,há e desculpe minha escrita, abraços

Louis C. Morelli
Visitante

Observem no comentário de Alexandre de Brito como funciona a estrategia da patrulha ideológica da cultura milenar iniciada pelos trogloditas com maior força física impondo sua voz em volta da fogueira nas cavernas. A sua psique primitiva crente em que nasceram mais fortes por terem sido escolhidos por alguma força sobrenatural e vendo que nestas narrativas impressionavam os mais fracos, os conduziram a escrever os grandes livros lendários das grandes religiões para manter o condicionamento mental das presas e ordem nos seus territórios. Mas quando novas descobertas impossíveis de serem ocultadas vão contra seus textos sagrados, e mentiras defendidas a… Read more »

Nival Miguel
Visitante
Nival Miguel

“desfavorece a interesseira monogamia imposta pelo sistema para manter os escravos trabalhando”, competição pra ver quem é o mais inteligente em desenvolver comentários sem nenhuma significância, um usando a ignorância o outro tentando usar vocabulário mais rebuscado mas sem falar nada com nada.