Ninguém tem certeza de qual espécie este assustador tubarão ‘vindo direto de um pesadelo’ pertence

0
170
O tubarão em questão. (Créditos: Trapman Bermagui/Facebook)

Traduzido por Julio Batista
Original de Harry Baker para a Live Science

Um bizarro tubarão do fundo do mar com olhos esbugalhados e um enervante sorriso humano foi recentemente arrastado das profundezas da costa da Austrália.

Especialistas em tubarões não sabem exatamente a qual espécie a criatura de aparência assustadora pode pertencer, aumentando o mistério em torno do espécime incomum.

Um pescador de alto mar, que atende pelo nome online Trapman Bermagui, capturou o misterioso tubarão de uma profundidade de cerca de 650 metros na costa de Nova Gales do Sul, na Austrália.

Mais tarde, o pescador compartilhou uma foto do espécime do fundo do mar em 12 de setembro no Facebook. A imagem mostra a pele áspera como uma lixa do tubarão morto, o grande focinho pontiagudo, os grandes olhos esbugalhados e os dentes brancos perolados expostos.

As características incomuns do tubarão rapidamente chamaram a atenção de outros usuários do Facebook, que ficaram surpresos ou aterrorizados com a criatura.

Um comentarista escreveu que o espécime era “algo vindo direto de um pesadelo”, enquanto outro escreveu que o “sorriso maligno” da criatura deu “grandes arrepios”.

Outras pessoas brincaram sobre a aparência do animal, especulando que o tubarão estava usando “dentes falsos” ou que estava sorrindo depois de finalmente remover o aparelho.

Os comentaristas também especularam sobre a qual espécie o tubarão pertencia. O palpite mais comum era que o espécime era um tubarão-corta-carne (Isistius brasiliensis), que recebeu esse nome devido às marcas de mordida que deixa em animais maiores. Outras suposições incluíam um tubarão-duende (Mitsukurina owstoni) ou uma espécie de tubarão- lanterna (Etmopteridae).

No entanto, Trapman Bermagui discordou dos comentaristas online. “Tenho certeza de que não é um corta-carne”, disse o pescador à Newsweek. “É um tubarão lixa, também conhecido como uma espécie de cação”.

O Centrophorus moluccensis é um tipo de tubarão lixa, um grupo de tubarões de profundidade encontrados em todo o mundo, de acordo com o Shark Research Institute.

Mas alguns especialistas em tubarões não se convenceram com a identificação do pescador.

“Parece-me um tubarão-pipa-de-águas-profundas ou gata-lixa (Dalatias licha), que são conhecidos nas águas da Austrália”, disse Christopher Lowe, diretor do Laboratório dos Tubarões da Universidade Estadual da Califórnia, Long Beach (EUA), à Newsweek.

Embora seja difícil dizer com certeza sem poder ver o espécime inteiro, acrescentou.

Dean Grubbs, biólogo marinho e especialista em tubarões da Universidade Estadual da Flórida (EUA), ofereceu uma conclusão diferente.

Grubbs suspeita que o tubarão morto é um Centroscymnus owstonii, um tipo de tubarão-dorminhoco da mesma família dos tubarões-da-groenlândia (Somniosus microcephalus), de acordo com a Newsweek.

Também é possível que o tubarão pertença a uma espécie nunca antes vista, disse Lowe. “Descobrimos novas espécies de tubarões de águas profundas o tempo todo e muitos parecem muito semelhantes entre si”.

No entanto, outros especialistas acreditam que Trapman Bermagui pode ter acertado.

“É um tubarão lixa”, disse Brit Finucci, cientista de pesca do Instituto Nacional de Água e Pesquisa Atmosférica da Nova Zelândia, especializado em tubarões de águas profundas, à Live Science por e-mail. No entanto, não está claro exatamente a qual espécie deste grupo pertence, acrescentou.

Charlie Huveneers, um cientista de tubarões da Universidade Flinders, na Austrália, disse à Live Science que concordava com a identificação de Finucci e que o animal era provavelmente um tubarão lixa.

“No passado, os tubarões lixa eram alvo de pescarias por seu óleo de fígado em Nova Gales do Sul”, disse Finucci.

A maioria dos tubarões lixa são “muito sensíveis à superexploração da pesca” e, como resultado, “algumas espécies estão agora altamente ameaçadas e protegidas na Austrália”, acrescentou.