O Livro dos Milagres – A ciência por trás das curas pela fé, das relíquias sagradas e dos exorcismos

2
5351

Num país onde ceticismo é xingamento e raciocínio crítico é uma abordagem desencorajada pelas instituições tradicionais (por motivos óbvios), é compreensível (embora lamentável) que a publicação de livros nacionais sobre o assunto seja coisa rara.

Eu poderia citar vários motivos para isso. Fazer ciência no Brasil já é um desafio hercúleo, e creio que para os cientistas acaba se tornando prioritário superar as dificuldades para fazer ciência de fato do que “perder tempo” se dedicando a desbancar coisas que são obviamente absurdos (como a tentativa de validar cientificamente o criacionismo).

Já os jornalistas, que poderiam ser aliados do pensamento racional, se sujeitam ao sensacionalismo para ganhar audiência, o que acarreta falta de critério, de transparência e de honestidade intelectual por parte dos principais veículos de comunicação, que possuem em sua linha editorial a velha sequência fazer burburinho – gerar polêmica – ganhar dinheiro.

Num mercado como esse, jornalismo científico poucas vezes é bem-vindo. E, aos jornalistas científicos, resta escrever para revistas “científicas” que são, basicamente, a versão impressa de canais como History e Discovery (ou seja, que de científico não têm nada), tentando falar de ciência de verdade da melhor forma que conseguem, ou encarar tudo isso de frente, sabendo que superar estes obstáculos para chegar à população e informa-las é virtualmente impossível.

SamsungCarlos Orsi é um dos raros jornalistas que está do lado dos céticos (e, consequentemente, do lado do pensamento racional). Talvez por isso seja um de seus livros, um dos melhores (talvez o melhor) exemplares de livro cético nacional.

Eu considero O Livro dos Milagres – A ciência por trás das curas pela fé, das relíquias sagradas e dos exorcismos, um livro nacional em todos os sentidos. Não só por ser em português, feito por um jornalista brasileiro e ter sido publicado por uma editora nacional, mas também pelo seu conteúdo.

Existem muitos temas que o ceticismo pode abordar, de OVNIS a bruxaria, passando pela parapsicologia e religião. Orsi toma a acertada decisão de se focar em um tema específico para criar um livro claro e com boas referências, que serve como um bom “manual de bolso” sobre ceticismo.

bernadette-mary-paintingO foco d’O Livro dos Milagres são as relíquias sagradas e fenômenos cristãos ou atribuídos ao cristianismo, como a abertura do Mar Vermelho, a ressurreição de Cristo, o Santo Sudário, as aparições de Maria, os estigmas, o poder da oração, a cura pela fé, entre outros. E esse é o motivo pelo qual eu considero o livro um ótimo exemplar de publicação cética nacional, pois toca em temas que são caros aos brasileiros: o sobrenatural e o misticismo cristão.

O livro está longe de querer questionar fé: a intenção principal é demonstrar, através de nosso conhecimento histórico e científico, de nossas descobertas empíricas e de fatos comprovados, que diversos fenômenos atribuídos ao sobrenatural hoje em dia podem facilmente ser categorizados como algo bem longe de fantástico – e sim bastante mundanos, tentando tornar essa informação acessível ao público em geral. Este é o objetivo – que deveria ser – de todo jornalista: Informar.

O Livro dos Milagres não é um livro para céticos “hardcore”. É mais destinado justamente a quem está iniciando no ceticismo ou como uma boa síntese sobre o pensamento cético e algumas possibilidades de explicação racional para coisas que são dadas como certas pelo imaginário popular. É curto, rápido de ler e relativamente barato. É (obviamente) mais um trabalho jornalístico do que científico (embora embasado cientificamente), mas isso não é de forma alguma algo ruim: é um trabalho de pesquisa muito bem feito e faz um grande serviço à divulgação da ciência, do ceticismo e da popularização destes dois temas, além de contar com referências bibliográficas para quem quiser se aprofundar nos assuntos.

Destaque para a capa do livro, que é uma ótima referência a O Mundo Assombrado Pelos Demônios – A ciência vista como uma vela no escuro. Uma ótima sacada e que já traz uma boa referência sobre o que esperar da obra, que é uma importante contribuição ao ceticismo nacional.

capa_aberta_milagres

CONTINUAR LENDO