Quarto mais silencioso do mundo pode te deixar louco em 30 minutos

Por Alexander Davies
Publicado no Discovery

Às vezes, você precisa de um pouco de paz e tranquilidade para manter a sanidade. Mas acontece que um lugar “tranquilo” também pode te deixar louco, ou pelo menos fazer você ter alucinações. Isso é o que os cientistas da Orfield Labs em Minneapolis encontraram através do estudo de como os sujeitos reagem em uma câmara anecóica, também conhecida como a sala mais silenciosa do mundo. O nível sonoro da sala, que na verdade tem o recorde mundial do Guinness, é de -9 decibéis, em comparação com a média de uma sala “silenciosa” que é de 30, de acordo com a MPR News.

A chave para o nível de silêncio é o fato de que as paredes, o piso, e o teto absorvem todo o som, ao invés de refleti-lo, como faz a maioria das superfícies.  Assim, o termo anecóico: sem eco. É tão quieto, que você pode ouvir seus próprios órgãos: o coração, o estômago, até seus ouvidos, que fazem uma pequena quantidade de ruído. Acontece que não é uma experiência especialmente agradável, especialmente no escuro. O tempo mais longo que alguém já passou sozinho na câmara é de 45 minutos.

A Orfield Labs utiliza a câmara anecóica para testar os níveis de ruído de vários produtos, como luzes de LED. Mas cuidado: ele pode facilmente tornar-se um lugar para conduzir os loucos.

Artigo anteriorFeliz Aniversário, Curiosity!
Próximo artigoO campo magnético do Sol está prestes a inverter
Douglas Rodrigues Aguiar de Oliveira
Fundador do projeto de divulgação científica e filosófica Universo Racionalista. Pós-graduação em Ethical Hacking e Cybersecurity do Centro de Inovação VincIT (UNICIV) pela Faculdade Eficaz. Pós-graduação em andamento em Filosofia pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Especialização em Epidemiology in Public Health Practice pela Johns Hopkins University (Coursera Specialization). Especialização em Fundamentals of Computing Network Security pela University of Colorado System (Coursera Specialization). Especialização em Journey of the Universe: A Story for Our Times pela Yale University (Coursera Specialization). Especialização em andamento em Computational Social Science pela University of California, Davis (Coursera Specialization). Graduação em Tecnologia em Redes de Computadores pela Universidade de Franca (UNIFRAN). Graduação em andamento em Tecnologia em Radiologia pela Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Editor-chefe do Instituto Ética, Racionalidade e Futuro da Humanidade. Colaborador da revista cética argentina Pensar, uma publicação da organização internacional Center for Inquiry. Endereço do Currículo Lattes e do Catarse.