Respeite o divulgador científico, parça!

0
413
Créditos: FOX / National Geographic.

Nem sempre a comunidade acadêmica tem consciência da importância do trabalho dos divulgadores científicos. Não é raro observar certo desprezo em relação aos estudantes, professores, pesquisadores e jornalistas que se dedicam a essa atividade. Na verdade, a comunicação de ciência é frequentemente interpretada por muitos como uma atividade “menor”, “superficial” ou mesmo “irrelevante”.

Contudo, em um período marcado por fanatismos, negacionismos e ideologias que, pelos mais diversos motivos, têm disseminado uma propaganda intensiva para difamar as universidades públicas e a pesquisa acadêmica, a divulgação científica se torna uma atividade particularmente importante.

A comunicação social nunca foi o ponto forte das universidades. Mas o atual contexto exige uma mudança de paradigma. Por terem negligenciado o apoio da sociedade, cientistas brasileiros têm sido fortemente estigmatizados com conotações extremamente pejorativas. Esses discursos têm legitimado ações concretas – de corte de bolsas a interferências em processos de escolha de dirigentes universitários.

Este vídeo é um papo reto direcionado aos meus colegas, professores universitários e pesquisadores de todas as áreas, que ainda não compreenderam essa urgência. Vejam lá! E não deixem de compartilhar com aquele professor que PRECISA ouvir isso.