Sinal de rádio poderoso de galáxia distante parece ter um padrão

0
219
Crédito: CHIME.

Traduzido por Julio Batista
Original de Victor Tangerman do Futurism

Tão distante

As rajadas rápidas de rádio (FRBs. em inglês) fascinam os astrônomos desde que foram observadas pela primeira vez em 2007.

Nós apenas estamos começando a entender esses sinais poderosos e ainda precisamos descobrir o que causam eles. Alguns até especularam que poderiam ser sinais de vida extraterrestre.

Agora, como relata o site Vice, um novo estudo realizado por pesquisadores da Universidade Cornell identificou uma fonte dessas rajadas há cerca de meio bilhão de anos-luz da Terra que pulsa, de forma tenebrosa, em um ciclo regular de 16 dias.

Reconhecimento de padrões

Isso faz com que seja o primeiro FRB (fast radio burst) descoberto com um cronograma repetido, de acordo com o jornal.

A equipe analisou 28 rajadas entre setembro de 2018 e outubro de 2019 registradas pelo Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment Fast Radio Burst Projec (CHIME/FRB), um radiotelescópio na Colúmbia Britânica, Canadá.

O mistério permanece

Os cientistas têm várias ideias sobre o que pode estar causando o ciclo regular. O sinal pode estar vindo de um objeto em órbita, por exemplo, que envia apenas sinais em um determinado ponto de sua órbita.

Também pode ser proveniente de um sistema estelar binário composto por uma estrela massiva e uma estrela altamente magnetizada, conforme descrito em outro estudo publicado no arXiv.

CONTINUAR LENDO