URGENTE: NASA fornece a imagem mais profunda do universo até agora!

0
117
(Créditos: NASA, ESA, CSA e STScI)

Traduzido por Julio Batista
Original de Rob Garner para a NASA

O Telescópio Espacial James Webb da NASA produziu a imagem infravermelha mais profunda e nítida do universo distante até hoje. Conhecida como o Primeiro Campo Profundo de Webb, esta imagem do aglomerado de galáxias SMACS 0723 está repleta de detalhes.

Milhares de galáxias – incluindo os objetos mais fracos já observados no infravermelho – apareceram na visão de Webb pela primeira vez. Esta parcela do vasto universo cobre um pedaço de céu aproximadamente do tamanho de um grão de areia sendo segurado no comprimento de um braço por alguém do chão.

Este campo profundo, obtido pela Near-Infrared Camera (NIRCam) do Webb, é uma composição feita a partir de imagens em diferentes comprimentos de onda, totalizando 12,5 horas – alcançando profundidades em comprimentos de onda infravermelhos além dos campos mais profundos do Telescópio Espacial Hubble, o que levou semanas.

A imagem mostra o aglomerado de galáxias SMACS 0723 como era há 4,6 bilhões de anos. A massa combinada deste aglomerado de galáxias atua como uma lente gravitacional ampliando galáxias muito mais distantes atrás dele. O NIRCam de Webb trouxe essas galáxias distantes para um foco nítido – elas têm estruturas minúsculas e difusas que nunca foram vistas antes, incluindo aglomerados de estrelas e características que eram difíceis de definir. Os pesquisadores em breve começarão a aprender mais sobre as massas, idades, histórias e composições das galáxias, à medida que Webb procura as primeiras galáxias do universo.

Esta imagem está entre as primeiras imagens coloridas do telescópio. A galeria completa será lançada na terça-feira, 12 de julho, a partir das 11:30 no Horário de Brasília, durante uma transmissão ao vivo da TV da NASA. Saiba mais sobre como assistir.

O Telescópio Espacial James Webb é o principal observatório de ciência espacial do mundo. Webb resolverá mistérios em nosso Sistema Solar, olhará além para mundos distantes em torno de outras estrelas e investigará as misteriosas estruturas e origens de nosso universo e nosso lugar nele. Webb é um programa internacional liderado pela NASA com seus parceiros, ESA (Agência Espacial Europeia) e CSA (Agência Espacial Canadense).

A sede da NASA supervisiona a missão da Diretoria de Missões Científicas da agência. O Centro de Voos Espaciais Goddard da NASA em Greenbelt, Maryland (eua), gerencia o Webb para a agência e supervisiona o trabalho na missão realizada pelo Space Telescope Science Institute, Northrop Grumman e outros parceiros da missão. Além de Goddard, vários centros da NASA contribuíram para o projeto, incluindo o Centro Espacial Johnson (EUA) da agência em Houston (EUA); Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) no sul da Califórnia (EUA); Centro de Voo Espacial Marshall em Huntsville, Alabama (EUA); Centro de Pesquisa Ames no Vale do Silício da Califórnia (EUA); e outros.

O NIRCam foi construído por uma equipe da Universidade do Arizona (EUA) e do Centro de Tecnologia Avançada da Lockheed Martin.

Baixe as versões descompactadas e com resolução total em https://webbtelescope.org/news/first-images.