Alterações na oxigenação sanguínea em mergulhadores

0
440
Crédito: Photo Peter Venoutsos.

O mergulho de saturação é uma técnica de mergulho que permite aos mergulhadores reduzir o risco de desenvolver algum distúrbio induzido por mudanças na pressão quando trabalham em grandes profundidades por longos períodos de tempo. Mergulhadores de saturação normalmente respiram uma mistura de hélio e oxigênio para evitar a narcose por nitrogênio. Mergulhadores de saturação trabalham em locais de alta pressão. Seus organismos precisam se adaptar a esses locais. Alterações fisiológicas ocorrem no sistema nervoso central e no sangue com o objetivo de manter a homeostase e sobrevivência. O ajuste fisiológico em frente à alta concentração de oxigênio no mergulho por saturação é nítido quando os mergulhadores retornam à superfície. Nesse período, os genes que controlam a produção e a atividade de heme e hemoglobina (Hb) e a maturação dos eritrócitos recém-formados têm suas atividades intensamente reduzidas.

O estudo publicado na Frontiers in Physiology, conduzido por um grupo da Nord University, Noruega, analisou diariamente a característica das hemácias durante e depois de um mergulho de saturação comercial.

Foram analisadas as hemoglobinas diariamente de mergulhadores comerciais de saturação comercial, antes e durante 28 dias de saturação de heliox até uma profundidade de trabalho de cerca de 200 m (n = 11) e por 12 dias na superfície pós-saturação (n = 9–7).

A hemoglobina do mergulhadores foi mensurada Hb diariamente no início de cada turno de trabalho antes do café da manhã e após a hidratação.

Os resultados apontaram que apesar da hemoglobina permanecer normal durante a fase inicial do mergulho no profundo, houve uma queda durante a fase de descompressão, a qual progrediu para anemia leve nos dias iniciais após a saturação. O retorno aos valores de hemoglobina dentro dos padrões de normalidade fisiológica ocorreu dentro de cerca de 1 semana. No entanto, após 12 dias de acompanhamento pós-saturação, a hemoglobina ainda era ligeiramente menor que os valores antes do mergulho.

Os autores relataram que as alterações nos valores de hemoglobina foram modestas, porém, significantes. Foi também sugerido que a presença de uma leve anemia pode explicar em parte a fadiga transitória que os mergulhadores de saturação comercial experimentam.

Referência

  • Łuczyński D, Lautridou J, Hjelde A, Monnoyer R and Eftedal I (2019) Hemoglobin During and Following a 4-Week Commercial Saturation Dive to 200 m. Front. Physiol. 10:1494. DOI:10.3389/fphys.2019.01494