Arqueólogos descobrem túmulos de antigas guerreiras na Rússia

Crédito: Институт археологии РАН.

Por Eva Frederick
Publicado na Science

Os contos de guerreiras ferozes invadem a mitologia grega, até inspirando ícones da cultura pop como a Mulher Maravilha. Agora, novos achados arqueológicos sugerem que pode haver alguma verdade por trás das lendas.

Nas estepes do oeste da Rússia, os arqueólogos descobriram os túmulos de quatro mulheres guerreiras citas, com idades entre o início da adolescência e o final dos 40 anos, relata o The Washington Post.

As mulheres foram enterradas com uma variedade de lanças, flechas e equipamentos para andar a cavalo, e as mais velhas utilizavam um cocar dourado ornamentado chamado calathus (acima), anunciaram os pesquisadores no mês passado em uma reunião do Instituto de Arqueologia da Academia Russa de Ciências.

Restos similares foram encontrados antes, mas esta é a primeira vez que várias gerações de mulheres são descobertas no mesmo túmulo, sugerindo que as guerreiras treinavam juntas quando eram jovens.

CONTINUAR LENDO