As “selfies” mais inspiradoras já fotografadas por astronautas

0
134

Por Luke Paton
Publicado no Scribol

Tirada na véspera de Natal de 2013, esta foto acima de cair o queixo do engenheiro de voo da NASA Mike Hopkins captura perfeitamente o espetáculo da exploração espacial: uma Terra azul e branca brilhante e imaculada, contrastada com a escuridão pura, colocada atrás de um homem em um capacete reflexivo. É uma imagem impressionante que clama por ser examinada repetidamente. Mas a foto de Hopkins não é o único autorretrato de astronauta de tirar o fôlego.

Os dicionários definem “selfie” como “uma fotografia que alguém tirou de si mesmo”.  As dez fotos a seguir representam as selfies mais inspiradoras já fotografadas por astronautas, apresentando um Sol cintilante, uma Terra deslumbrante, uma estação espacial suspensa, uma viseira espelhada – e, em alguns casos, os quatro.

Akihiko Hoshide

O astronauta japonês Akihiko Hoshide é responsável por uma das “melhores selfies de todos os tempos”, segundo o jornal Daily News de Nova York . O engenheiro de voo da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA) virou a câmera para si mesmo nesta foto em 5 de setembro de 2012. Foi durante uma caminhada espacial de Hoshide que durou mais de seis horas, como parte da viagem da JAXA Expedition 32 para a Estação Espacial Internacional (ISS). Além da câmera que ele usou, outros elementos visíveis no visor reflexivo de Hoshide são a Terra, a astronauta da NASA Sunita Williams e seções de um braço robótico. Ah, e aquele objeto brilhante acima do ombro direito de Hoshide é o Sol.

Richard Linnehan

O especialista em missões da NASA Richard Linnehan esteve no espaço em três ocasiões anteriores, quando embarcou no ônibus espacial Endeavor em 11 de março de 2008. A missão de 15 dias do STS-123 o faria viajar seis milhões de quilômetros, orbitar a Terra 250 vezes, realizar três caminhadas espaciais – e tirar uma selfie. A incrível fotografia, de alguma maneira, consegue colocar a Terra em primeiro plano e em segundo plano, com um capacete perfeitamente focado, refletindo imagens do Endeavour e da Estação Espacial Internacional.

Tom Marshburn

Esta imagem incrível do engenheiro de voo da NASA Tom Marshburn foi capturada em 11 de maio de 2013, durante um período de cinco horas e meia de atividade extraveicular (EVA). Marshburn postou a foto em seu feed do Twitter dois dias depois, num tweet que dizia: “Partir é agridoce. Foi um passeio inacreditável”. E da maneira que o astronauta parece estar olhando para a Terra brilhando embaixo dele na imagem, é fácil ver por que ele pode dizer uma coisa dessas. Além do mais, embora Marshburn não tenha realmente confirmado que foi ele quem tirou a foto, ela foi descrita como uma selfie “imbatível” ou “definitiva” pelos espectadores online.

Steve Robinson

A imagem refletida no capacete do engenheiro de voo da NASA Steve Robinson aqui é o escudo térmico do ônibus espacial Discovery. Em 3 de agosto de 2005, Robinson estava no meio de um trabalho de reparo nunca antes realizado no escudo, localizado abaixo do ônibus espacial, quando ele tirou a foto. Esta foi apenas uma das três caminhadas espaciais completadas por Robinson na missão STS-114, e foi totalmente inesperada. Considerando o trabalho realizado e a fotografia, parece ter sido um bom dia no escritório para o astronauta.

Joseph R. Tanner

O Sol, a Terra, a total escuridão do espaço e o multifuncional Canadarm2 da Estação Espacial Internacional podem ser vistos neste requintado autorretrato capturado pelo especialista em missões da NASA Joseph R. Tanner. A foto foi tirada em 12 de setembro de 2006, na primeira de duas caminhadas espaciais de missão para Tanner, que pode ter escapado do trabalho em treliças e painéis solares para tirar a foto. Tanner registrou mais de 13 horas de EVA durante a missão STS-115 no ônibus espacial Atlantis, em 2006.

Buzz Aldrin

“Eu não sabia que era pioneiro… selfies”, disse a lenda da NASA Buzz Aldrin sobre essa foto magnífica. Aldrin explicou que ele tirou a foto simplesmente porque se perguntava “como ele seria”. A foto espetacular foi tirada durante a missão Gemini 12 do famoso astronauta, lançado em 11 de novembro de 1966. Enquanto a borda curvada da Terra ao fundo é claramente visível, Aldrin está quase todo sombreado, mas isso não tira nada da imagem histórica.

Luca Parmitano

Luca Parmitano é um engenheiro de voo da Agência Espacial Italiana (ESA) que tentou tirar sua selfie em 9 de julho de 2013. Isso foi durante sua primeira caminhada espacial, na qual ele entrou na Expedição 36. De fato, foi a primeira vez que um italiano participou de uma caminhada espacial, e a imagem nítida de Parmitano parece a maneira perfeita de capturar o momento. A bela Terra curva e a Estação Espacial Internacional são perfeitamente espelhadas no visor do capacete. Dito isto, a segunda caminhada espacial de Parmitano, em 16 de julho, seria a segunda mais breve de todos os tempos, pois um vazamento fez seu capacete começar a encher de água. Felizmente, o astronauta conseguiu voltar a bordo com segurança.

Jerry L. Ross

Em 8 de abril de 2002, o ônibus espacial Atlantis levou o especialista em missões da NASA Jerry L. Ross para o espaço pela sétima vez. Este era um recordista de voos espaciais na época, e só posteriormente foi igualado por Franklin Chang-Diaz da NASA. Ross talvez estivesse comemorando sua importante conquista quando tirou esse dramático autorretrato, com a Terra em segundo plano, enquanto participava da segunda EVA da missão STS-110, em 13 de abril. Além de tirar a foto, Ross também ajudou a concluir o trabalho de manutenção na Estação Espacial Internacional durante uma atividade extraveicular de sete horas e meia.

Michael Fossum

De 4 a 17 de julho de 2006, o ônibus espacial Discovery passou quase 13 dias no espaço realizando o que a NASA chamou de “a missão de ônibus espacial mais fotografada da história”. De maneira apropriada, o especialista em missões Michael Fossum tirou uma selfie ridiculamente boa durante uma de suas três EVAs durante a missão STS-121. A viseira do capacete de Fossum mostra o melhor da Terra, além do especialista em missão Piers Sellers e uma fonte de energia solar da Estação Espacial Internacional.

Rick Mastracchio

Tirar um autorretrato decente no espaço aparentemente requer bastante prática. Em 23 de abril de 2014, o engenheiro de voo da NASA, Rick Mastracchio, reclamou no Twitter que “o traje espacial torna muito difícil conseguir uma boa selfie”. Estranho, considerando o fato de que poucas horas antes ele tirou essa foto impressionante de si mesmo mostrada aqui. Isso foi na terceira de três caminhadas espaciais que o astronauta concluiu nas Expedições 38 e 39 durante seus seis meses de permanência na Estação Espacial Internacional. Uma imagem espelhada da Terra, o vazio do espaço e a estação são todos capturados no visor de Mastracchio.

CONTINUAR LENDO