Asteroide com seis caudas encontrado pelo telescópio Hubble

1
2881

Publicado na ABC Science

Os astrônomos detectaram um fenômeno nunca antes visto no cinturão de asteroides do nosso sistema solar: uma rocha espacial com seis caudas, expelindo poeira do seu núcleo como bicas de água que irradiam de um irrigador de grama.

O asteroide, conhecido como P/2013 P5, apareceu pela primeira vez como um ponto de luz difusa em uma pesquisa do céu pelo telescópio Pan-STARRS no Havaí, em agosto.

Em setembro, os astrônomos usaram o telescópio Espacial Hubble, apontando-o sobre o objeto, localizado no cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter.

O mais surpreendente, ocorre quando suas estruturas da cauda mudam dramaticamente em apenas 13 dias, uma vez que arrota para fora a poeira. Os cientistas suspeitam que a pressão dos fótons, pequenas partículas de luz ou radiação eletromagnética na luz solar, estão fazendo o asteroide girar mais rápido, interrompendo sua superfície.

Asteróide Com Seis CaudasAté agora, apenas cerca de 100 a 1000 toneladas de poeiras, uma pequena fração da massa principal do asteroide foi perdida. O núcleo do asteroide, que mede 427 metros de largura, é milhares de vezes mais massivos do que o valor observado de poeira ejetada.

Os astrônomos pretendem manter a procura de sinais que o asteroide está a quebrar-se, um processo comum, porém nunca antes observado.

O estudo foi publicado na The Astrophysical Journal Letters.

CONTINUAR LENDO
Artigo anteriorCarl Sagan: “A colonização de planetas é meta atingível”
Próximo artigoAfinal, podemos morrer por overdose de maconha?
Cristian Reis Westphal
Sou gaúcho, natural de Gravataí, estudante de Engenharia Química no Centro Universitário La Salle. Sou fundador do Projeto Ciência e Astronomia, tem o intuito de compartilhar informações e atualidades das diversas áreas da ciência e astronomia para todos aqueles apaixonados pelo assunto, bem como divulgar e incentivar o interesse e estudos destas áreas no Brasil. Conheci a Ciência quando criança através da Série Cosmos, apresentada pelo astrônomo Carl Sagan. Meu principal objetivo é divulgar e popularizar a Ciência de todas as formas, com uma linguagem acessível para assim, conseguirmos atrair o público de todas as idades para o Mundo da Ciência, aprendendo a olhar o mundo de uma forma diferente.Palestrante Camspus Party, TEDx e ganhador do Concurso #MeetESO, promovido pelos telescópios do Chile.