Afinal, podemos morrer por overdose de maconha?

53
26141

Antes de responder esta pergunta, vamos retomar o que é essa planta, que já teve grandes simpatizantes como Carl Sagan, Morgan Freeman, entre outros.

O que é a maconha?

tumblr_lqtm3iVJm71qizhaoo1_500[1]

A maconha é as flores secas, folhas e caules da planta Cannabis sativa.

Entretanto, a substância psicoativa da maconha, é encontrada nas flores das plantas fêmeas.

O delta-9-tetrahidrocanabinol também conhecido como THC é a substancia mais conhecida e também mais associada com os efeitos psicoativos da Cannabis sativa.

A maconha comum varia sua concentração de THC de 1% a 8%. O haxixe pode ter sua concentração de THC de 7% a 14% óleo de haxixe é de até 60% de THC.

Então, podemos ou não morrer por overdose de maconha?

A reposta é sim, mas calma, é virtualmente impossível de se chegar a este resultado. Testes realizados com cobaias (ratos, macacos, cachorros) onde foram administrados 1,000 mg de THC por quilo não foi apresentado overdose. Isso seria o equivalente a um homem adulto com o peso médio de 70kg consumir 70g de THC. Isso equivale a mais de 5000 vezes o necessário para a intoxicação (entenda-se ficar chapado.) Já o álcool, tem uma equivalência 10:1 ou seja, é de longe mais letal do que o THC.

Há outros testes realizados com uma proporção 3000:1 ou seja, 3 gramas pra cada quilo. Ainda sim, sem mortes relatadas.

É importante lembrar que os testes foram feitos com o THC em si, considerando que a maconha comum tem cerca de 1% de THC teríamos que fumar uma grande quantidade (muitos quilos) em pouco tempo. É bem mais provável que a pessoa morra antes da overdose por intoxicação causada pelo monóxido de carbono por exemplo.

Nos últimos 5000 anos a quantidade de morte relatadas em decorrência da maconha (THC) foram de 0. Isto mesmo 0 mortes.

Conclusão

Pode-se continuar fumando maconha sem medo de overdose, é mais provável ter overdose por Paracetamol ou ácido acetilsalicílico medicamentos comuns do nosso dia-a-dia. Porém é importante lembrar que como toda droga maconha apresenta alguns efeitos colaterais.

As conclusões sobre o consumo ficam a critério leitor.

O autor não faz apologia a drogas ilícitas e a opinião do autor nem o texto não reflete a opinião da equipe Universo Racionalista.

CONTINUAR LENDO