Cinco filmes biográficos sobre cientistas

5
1819

Em 24 de maio de 2015 falecia aos 86 anos John Nash, prêmio Nobel de economia (1994), que se destacou pelo seu trabalho sobre a teoria dos jogos e as equações diferenciais parciais. A morte desse gênio da matemática teve um impacto midiático espetacular por duas razões: as condições dramáticas de sua morte, e a sua notoriedade adquirida graças ao filme “Uma Mente Brilhante”, que retrata a sua vida e luta contra a doença.

1. Uma Mente Brilhante (2001)

Filme que ganhou quatro Oscars: um deles de melhor filme. Para John Nash, o seu ponto forte foi que essa obra serviu para chamar a atenção sobre a esquizofrenia em todo mundo.

2. A Montanha dos Gorilas (1988)

Sigourney Weaver interpreta Dian Fossey, uma zoóloga e etóloga que estudou os gorilas das montanhas Virunga (Ruanda), e trabalhou em sua conservação e proteção.

3. Criação (2009)

Uma obra que relata a luta interior que viveu o naturalista Charles Darwin na hora de publicar “A Origem das Espécies”, um trabalho que negava o criacionismo bíblico; um conflito entre a sua vocação científica e o amor que sentia pela sua esposa religiosa.

4. A Teoria de Tudo (2014)

Eddie Redmayne, que ganhou o Oscar de melhor ator pelo seu papel no filme, interpreta o famoso físico teórico, autor de “Uma Breve História do Tempo”, Stephen Hawking. A Teoria de Tudo mostra o início de Hawking na Universidade, a sua tese, a sua doença e os seus êxitos em matéria de divulgação.

5. O Jogo da Imitação (2014)

Benedict Cumberbatch (The Hobbit, Sherlock…) interpreta o matemático criptoanalista e pioneiro da informática, Alan Turing. Graças à sua mente privilegiada, Turing contribuiu para a vitória de seus aliados na Segunda Guerra Mundial, embora o filme termine com uma consideração amarga, fiel à realidade.

A lista original foi publicada no Open Mind.

CONTINUAR LENDO