Controvérsias em Ciência e Ciência Fringe: De Animais e SETI a Charlatanismo e SHC

Créditos da Imagem: Carl Sagan Tumblr.

“Nós pedimos a Lys Ann Shore, que escreve frequentemente para a seção de notícias e comentários, para cobrir a Conferência do Comitê de Investigação Científica de Alegações de Atividades Paranormais em Pasadena, em 1987 . Ela contribuiu para esse relatório”

Apresentador Carl Sagan Carrega o ‘Fardo do Ceticismo”

Na vida, desde a compra de um carro usado até a análise dos esquemas de defesa de Star Wars, pede “uma elegante balança entre duas necessidades: o escrutínio mais cético possível de todas as hipóteses… e a abertura para novas ideias”, disse o astrônomo Carl Sagan em seu discurso.

Ao se apresentar para uma multidão atenta e apreciativa no Auditorium Theater of the Pasadena Center, Sagan falou de comerciais de TV até canalização em transe, inteligência extraterrestre e Star Wars para demonstrar a necessidade do ceticismo no nosso dia a dia. Assim como muitos comerciais na televisão delatam “um real desprezo pela inteligência dos telespectadores”, assim como os argumentos dos Estados Unidos para testes de armas nucleares. Há pessoas no governo “que pensam que os americanos irão comprar qualquer frase em inglês que eles analisam”, Sagan diz.

Ele vê o ceticismo e a abertura para novos conceitos como atitudes complementares. “Se você é apenas cético, nenhuma ideia nova irá te convencer”, aponta. Mas se você está apenas aberto e não tem senso cético, você não será capaz de avaliá-los. Sagan elogiou a ética científica da crítica rigorosa de novas ideias.

Por que o público americano não é mais cético sobre reclamações de corporações e funcionários do governo – para não ter de mencionar estados de transe e outros proponentes do paranormal? Parte das respostas mentirosas está na crueldade que a verdade traz, Sagan acredita. “Nós talvez achemos que a ilusão é mais consoladora”, por exemplo, quando nos é oferecida a oportunidade de se comunicar com pessoas amadas que já morreram. Mas quando nós reconhecemos que somos vulneráveis por conta de nossos próprios desejos, nós temos de estar mais atentos do que nunca, disse Sagan.

Mas a atração da ilusão não é a única responsável pela credulidade das pessoas. “O ceticismo é perigoso”, Sagan diz. “É exatamente a sua função, na minha opinião”. Crianças ensinadas a serem céticas podem não aceitar os comerciais de TV: em vez disso, elas podem começar a desafiar as ideias e as instituições aceitas.

Lembrando as sessões da tarde sobre a busca de inteligência extraterrestre (SETI) e a linguagem animal, Sagan apontou as predisposições de mentira que podem ser encontradas como correntes para esses debates. Por exemplo, ambas as questões envolvem a crença dos seres humanos em sua própria singularidade – o “conceito anti-Copernicano”. Assim que descobrirmos a inteligência extraterrestre, “o último remanescente de vaidade se vai”. Ao avaliar reivindicações feitas nessas áreas controvérsias, que ajudam a manter em mente como a ciência funciona: a ciência necessita de uma confirmação independente dos fatos e da vontade de esperar até a evidência, antes de chegar a uma conclusão. “Está tudo ok se você não souber”, disse Sagan.


Artigo publicado na A Center For Inquiry Affiliate com o título Controversies in Science and Fringe Science: From Animals and SETI to Quackery and SHC.

Artigo da Wikipedia sobre a Fringe Science.

CONTINUAR LENDO
Artigo anteriorAs palavras podem formar cristais na água?
Próximo artigoSonda Cassini da NASA detecta oceano no interior de Encélado
Douglas Rodrigues Aguiar de Oliveira
Sou fundador do Universo Racionalista | Graduando em Tecnologia em Redes de Computadores pela Universidade de Franca | Pós-graduando em Ethical Hacking e Cybersecurity do Centro de Inovação VincIT (UNICIV) pela Faculdade Eficaz | Especializando em Cybersecurity pela Rochester Institute of Technology (edX MicroMasters Programs) | Especialização em Fundamentals of Computing Network Security pela University of Colorado System (Coursera Specialization) | Especialização em Journey of the Universe: A Story for Our Times pela Yale University (Coursera Specialization) | Graduação interrompida em Licenciatura em Filosofia pela Universidade de Franca | Colaborador do Instituto Ética, Racionalidade e Futuro da Humanidade | Colunista da Climatologia Geográfica | Membro da Rede Brasileira de Astrobiologia | Membro do Science Vlogs Brasil | Interesse em Divulgação Científica das ciências fáticas em geral | Interesse em Filosofia da Ciência no problema da demarcação entre Ciência e Pseudociência e da justificação entre Realismo e Antirrealismo | Estudando também o problema entre Tecnologia e Pseudotecnologia na Filosofia da Tecnologia | Interesse em Segurança Defensiva e Segurança Ofensiva em sites, servidores e redes de computadores | Endereço do Currículo Lattes e do LinkedIn.