Elon Musk desafia lockdown e pede para ser preso

A Tesla está reabrindo sua fábrica de carros na Califórnia contra a vontade do Condado de Alameda, EUA.

Créditos: Win McNamee / Getty Images.

Por Sean O’Kane
Publicado no The Verge

O CEO da Tesla, Elon Musk, confirmou que está reabrindo a fábrica de carros de sua empresa na Califórnia, violando uma ordem local de lockdown, como o The Verge relatou anteriormente. Musk disse que estará na linha de produção da empresa nesta semana. “Se alguém for preso, peço que seja apenas eu”, escreveu ele.

Musk passou parte do fim de semana protestando contra a ordem, que foi implementada em meados de março pelas autoridades do condado de Alameda, a fim de mitigar a disseminação da COVID-19. O pedido restringiu a todos, exceto os “serviços essenciais”, de realizarem algo diferente das operações mais básicas, como processamento da folha de pagamento. Depois de lutar contra a ordem, a Tesla fechou sua fábrica em 23 de março.

Musk argumentou que a ordem de ficar em casa em todo o estado, implementada pelo governador Gavin Newsom, deixou espaço para a fábrica de automóveis permanecer aberta e pediu que a Tesla movesse uma ação contra o município no sábado em protesto. Na segunda-feira, Newsom disse que o estado teve “conversas muito construtivas” com as autoridades do condado e representantes da Tesla e que esperava a abertura “já na próxima semana”.

O supervisor do condado de Alameda, Scott Haggerty, disse ao The New York Times no fim de semana passado que o condado e a Tesla estavam perto de um acordo para reabrir a fábrica em 18 de maio, mas esse acontecimento foi antes de Musk atacar e entrar com a ação no sábado.

A Tesla voltou a fabricar carros no fim de semana, como o The Verge relatou na segunda-feira, e disse a todos os funcionários que colocou em licença para se prepararem à volta ao trabalho. Esses funcionários foram informados de que poderiam ficar em casa se sentissem desconfortáveis, mas precisariam tirar uma licença não-remunerada (a remunerada foi retirada de muitos funcionários após estender a licença no mês passado.) Outras montadoras, como a Ford e a General Motors, estão programadas para retomarem a produção nos EUA nos próximos meses. Algumas dessas montadoras queriam abrir mais cedo, mas enfrentaram resistência do sindicato United Auto Workers, que representa sua força de trabalho.

O condado de Alameda, finalmente, respondeu na segunda-feira, dizendo que espera que a Tesla forneça um “plano específico para o local ainda hoje” para reabrir a fábrica e que “está ansioso para rever o plano da Tesla e chegar a um acordo sobre o protocolo e um cronograma para reabrir com segurança” – apesar de Musk já ter dito que reabriria a fábrica e a empresa já estar fabricando carros.

“Hoje, soubemos que a fábrica da Tesla em Fremont havia aberto além das Operações Básicas Mínimas. Notificamos a Tesla que eles só podem manter serviços básicos mínimos até termos um plano aprovado que possa ser implementado de acordo com a ordem de saúde pública local”, afirmou o condado.

CONTINUAR LENDO