Esta instalação artística usa a atividade neuronal para criar estruturas multidimensionais

0
604

Melting Memories é uma instalação artística de Refik Anadol que tenta representar visualmente a atividade cerebral relacionada à memória. Ela consiste em uma grande tela de LED e combina pinturas, projeções de luz e formas tridimensionais que resultam em uma espécie de Stargate bastante alucinante.

De acordo com Anadol, os dados procedem de medições EEG (eletroencefalograma) tomados no laboratório Neuroscape da Universidade da Califórnia e que medem a atividade das ondas cerebrais: “esses conjuntos de dados constituem as peças com as quais se constroem os algoritmos que o artista precisa para produzir as estruturas visuais multidimensionais da instalação” que são observadas na obra Melting Memories.

Para quem não está conseguindo visualizar o player, clique aqui.

CONTINUAR LENDO