Imagens assustadoras de tubarão ‘zumbi’ e outros animais de aquário em decomposição são reveladas

Os animais falecidos, provavelmente, já estavam mortos quando a atração foi abandonada.

0
200
O tubarão mumificado parecido com um zumbi que foi descoberto no aquário abandonado. Crédito: Juj' Urbex.

Por Harry Baker
Publicado na Live Science

Imagens perturbadoras de um tubarão mumificado que se parece com um zumbi, bem como outras criaturas marinhas mortas e em decomposição, foram capturadas em novas gravações assustadoras de um aquário abandonado.

O assustador vídeo viral foi feito por uma dupla de “exploradores urbanos” que entraram em um aquário sem nome na Espanha. O vídeo foi postado no YouTube por um dos exploradores, uma francesa que atende pelo nome de Juj’ Urbex, junto com vários clipes mais curtos em seu TikTok.

O vídeo mostra os restos apodrecidos de um pequeno tubarão de recife atrás de uma vitrine quebrada. O tamanho da caixa de vidro sugere que o tubarão já estava morto quando foi originalmente colocado em exibição. O corpo, portanto, foi tratado com produtos químicos e mantido em uma caixa hermética para preservá-lo, mas depois que a caixa quebrou e o tubarão foi exposto, ele começou a se decompor lentamente, dando-lhe uma aparência de zumbi. Quando o aquário foi danificado e, posteriormente, evacuado, todos os animais vivos foram transferidos para novos aquários, mas o cadáver do tubarão pode ter sido menos prioritário e, portanto, deixado para trás, especulou Juj’ Urbex no vídeo.

O primeiro avistamento do tubarão mumificado. Crédito: Juj’ Urbex.

Descobrir os restos ressecados do tubarão “me fez sentir muita tristeza por esse bicho”, embora já estivesse morto, disse Juj’ Urbex no vídeo traduzido para o inglês.

Um olhar de perto nas várias fileiras de dentes do tubarão. Crédito: Juj’ Urbex.

Os exploradores também encontraram os restos decompostos de um polvo e lula dentro de frascos de vidro quebrados separados. Como o tubarão, esses animais, provavelmente, já estavam mortos quando o aquário fechou suas portas e, depois que seus vidros, que continham formaldeído, foram quebrados, os cefalópodes começaram a apodrecer. A dupla também encontrou duas estrelas-do-mar que foram deixadas para trás, mas, ao contrário dos outros animais, esses invertebrados não começaram a se decompor porque estavam completamente secos antes de serem expostos.

Uma estrela-do-mar ressecada em uma velha mesa de exibição. Crédito: Juj’ Urbex.

Outra descoberta de destaque foi uma enorme réplica realista de uma lula gigante feita de espuma que, provavelmente, costumava ficar pendurada no teto, mas, eventualmente, caiu no chão. O aquário costumava exibir espécimes reais de lulas gigantes, mas elas foram removidas antes que o local fosse condenado, disse Juj’ Urbex no vídeo.

Uma réplica de espuma realista de uma lula gigante que caiu no chão do aquário. Crédito: Juj’ Urbex.

Os exploradores não divulgaram a localização do aquário, para evitar que outros exploradores visitem o local e para evitar serem pegos (exploração urbana é uma forma de invasão), disse Juj’ Urbex no vídeo. No entanto, ela revelou que o aquário estava em algum lugar da Espanha e foi fechado em 2014 depois que uma onda de 13 metros danificou sua estrutura. Em janeiro de 2014, uma onda deste tamanho atingiu a costa noroeste da Espanha, causando danos significativos, de acordo com o site de notícias espanhol The Local, sugerindo que o aquário, provavelmente, está naquela região.

Em 2018, outro explorador urbano, Luke Mcpherson, descobriu um grande tubarão branco mumificado de 5 metros, mais tarde apelidado de Rosie, suspenso em um enorme tanque de formaldeído em um parque de vida selvagem abandonado na Austrália, de acordo com o Daily Mail.