Nave Espacial Juno rumo a Júpiter

0
1066

Artigo traduzido de NASA.

A nave espacial movida a energia solar Juno da NASA executou com sucesso hoje uma manobra para ajustar sua trajetória de voo. A manobra refinou a trajetória da espaçonave, ajudando a definir o cenário para a chegada de Juno nos maiores habitante planetários do sistema solar cinco meses e um dia a partir de agora.

“Este é o primeiro de dois ajustes de trajetória de Juno em torno do sol, aperfeiçoando o nosso encontro com Júpiter no dia 4 de Julho, às 20:18 PDT, disse Scott Bolton, principal investigador da Juno no Southwest Research Institute em San Antonio.

A manobra começou às 10:38 PST. Os propulsores da nave espacial Juno foram ativados por 35 minutos, consumiu cerca de 0.56 kg de combustível, e mudou a velocidade da nave espacial por 0.31 m/s. No momento da manobra, Juno estava cerca de 82 milhões de km de Júpiter e cerca de 684 milhões de km da Terra. A próxima manobra de correção de trajetória está marcada para 31 de Maio.

Juno foi lançada no dia 05 de agosto de 2011. A sonda irá orbitar o mundo Joviano 33 vezes, mergulhando por 5 mil km acima do topo das nuvens do planeta a cada 14 dias. Durante os sobrevoos, Juno vai sondar abaixo da nuvem que obscurece o topo de Júpiter e estudar a sua aurora para saber mais sobre as origens, estrutura, atmosfera e magnetosfera do planeta.

O nome de Juno vem da mitologia grega e romana. O deus Júpiter vestiu um véu de nuvens para esconder seu mal, e sua esposa – a deusa Juno – foi capaz de espreitar por entre as nuvens e revelar a verdadeira natureza de Júpiter.

CONTINUAR LENDO