Uso de smartphone pode favorecer surgimento de glaucoma

0
325
Crédito: Getty Images.

A pressão intraocular é avaliada para medir o grau de tensão dentro dos olhos. Quando seu valor é elevado, isso é indicativo de aumento da pressão do humor aquoso, o que pode piorar a visão periférica, causar dor de cabeça e nos olhos, náusea e dificuldades para enxergar. Além disso, o aumento da pressão intraocular colabora para o aparecimento do glaucoma, o que em casos extremos pode levar à perda total da visão.

O uso de smartphones tem se elevado ligeiramente desde o final dos anos 2000. Foi relatado que aproximadamente 70% da população on-line nos Estados Unidos usava smartphones em 2017. Recentemente, foi estimado que mais de 50% e cerca de 10% dos usuários de smartphones se conectam à Internet por mais de 30 minutos e mais de 4 horas diárias, respectivamente. Além disso, os usuários de dispositivos móveis gastam 20 horas semanais usando e-mail, mensagens de texto e serviços de redes sociais, o que indica que eles dependem muito de smartphones na comunicação com outras pessoas.

A pesquisa publicada na Scientific Reports, grupo Nature, conduzida na Yonsei University (Coreia do Sul), analisou 127 sujeitos com glaucoma e 31 voluntários sem nenhuma doença (grupo controle). Eles foram avaliados durante um período de 30 minutos em frente a um smartphone em testes específicos. A pressão intraocular foi medida 5, 10 e 30 minutos do momento da exposição.

Segundo a análise estatística realizada pelos autores, o modelo linear de efeitos mistos para dados de medidas repetidas mostrou que a pressão intraocular aumentou gradualmente durante a tarefa de fixação do smartphone. Os cientistas observaram aumento da pressão intraocular a partir dos 10 minutos de exposição ao smartphone.

Os pesquisadores do estudo levantaram hipóteses para esclarecer os efeitos observados. Uma possibilidade é que acomodação ou vergência excessivas necessárias para trabalhar de perto em uma tela pequena contribuam para o aumento da pressão intraocular. Já foi também evidenciado que essa acomodação induziu um aumento significativo da pressão intraocular nos olhos com miopia progressiva, acompanhado por uma diminuição da profundidade da câmara óptica anterior resultante do espessamento da lente e estreitamento da câmara anterior.

Desta maneira, o estudo sugere que a exposição prolongada ao smartphone pode facilitar o surgimento de glaucoma, uma perigosa doença que pode levar à perda de visão.

Referência

CONTINUAR LENDO