Ninguém é contra a cloroquina. Você que não entendeu nada.

0
555

Quando o presidente da República diz que “quem é de direita toma cloroquina e quem é de esquerda toma tubaína”, ele está tentando politizar uma pauta que deveria ser do escopo da ciência. Politizar esse tipo de discussão traz a falsa impressão de que há dois lados brigando em pé de igualdade sobre os benefícios e malefícios de tal medicamento, o que não é verdade.

Em meio a uma pandemia ninguém em sã consciência seria contra o uso de um medicamento capaz de conter a doença ou, no mínimo, amenizar seus sintomas. Ainda mais quando falamos em cientistas e médicos que buscam exaustivamente por medicamentos desse tipo. E o que existe é uma massiva produção científica mostrando que não, a cloroquina não traz qualquer benefício no combate a COVID-19. E pior, pode causar complicações e efeitos colaterais que levam a morte dos pacientes. Isso não é ser contra, isso é ser sensato. O perigo está em insistir em algo que é mais danoso à saúde do que benéfico.

Um estudo recente publicado na revista científica The Lancet, comprovou a ineficácia da cloroquina e da hidroxicloroquina em uma amostra de mais de 96 mil pacientes testados. O estudo analisou 5 grupos de pacientes. Os que tomaram apenas cloroquina, os que tomaram apenas hidroxicloroquina, os que tomaram cloroquina + antibióticos, os que tomaram hidroxicloroquina + antibióticos e o grupo controle, que não fez uso de nenhum desses medicamentos. Dos pacientes que receberam apenas um dos medicamentos a taxa de mortalidade foi de 16,4% para a cloroquina e 18% para a hidroxicloroquina. Na combinação com antibióticos a taxa foi ainda maior, sendo 22,2% para cloroquina em combinação com antibióticos e 23,8% para hidroxicloroquina + antibióticos. Nos pacientes que não receberam nenhuma das medicações (grupo controle) a taxa de mortalidade foi de 0,3%, ou seja, a aplicação desse tipo de medicação, combinado ou não com antibióticos, piorou o quadro e aumentou o risco de morte dos pacientes.

A defesa do uso irrestrito desse tipo de medicamento chega a ser criminosa diante desses fatos. É por isso que aqueles que insistem na defesa da cloroquina (por algum motivo obscuro) precisam politizar a discussão. Cientificamente eles estão perdidos. Mesmo quando há uma tentativa de fazer a defesa parecer científica como, por exemplo, listar 50 artigos que comprovam o benefício da cloroquina. Parece bastante coisa né? O problema é que dessa lista de 50 diversas referências estão duplicadas, muitas nem tratam da COVID-19 ou do SARS-CoV-2 e outras tantas trazem inúmeros problemas metodológicos (Sério! Confira as referências 7 e 8). É pura picaretagem!

A única maneira de manter essa polarização fictícia sobre o uso da cloroquina é manter uma intensa rede de notícias falsas trabalhando pra isso. São histórias de caixões vazios, Estados que recebem dinheiro por cada morte causada pelo novo coronavírus e de médicos fictícios que apoiam o uso da cloroquina. Sendo assim, não há como ter dois lados nessa briga sendo que apenas um joga pelo lado da ciência. Ninguém é contra a cloroquina, da mesma forma que ninguém é contra a aspirina. Porém, nenhum cientista ou médico em posse de suas faculdades mentais irá recomendar aspirina para tratar a COVID-19 enquanto não houver evidências sólidas de sua eficácia. No final, entre cloroquina e tubaína, a tubaína parece não trazer nenhum efeito colateral.

Referências

  1. Bolsonaro: ‘Quem é de direita toma cloroquina, quem é esquerda, tubaína’ – https://veja.abril.com.br/politica/bolsonaro-quem-e-de-direita-toma-cloroquina-quem-e-esquerda-tubaina/
  2. “Uso precoce” é gambiarra para salvar mito da hidroxicloroquina – https://www.revistaquestaodeciencia.com.br/artigo/2020/05/10/uso-precoce-e-gambiarra-para-salvar-mito-da-hidroxicloroquina
  3. Forçar adoção da cloroquina contra COVID-19 viola a lei e a ciência – https://www.revistaquestaodeciencia.com.br/artigo/2020/05/15/forcar-adocao-da-cloroquina-contra-covid-19-viola-lei-e-ciencia
  4. Meta-análises provam importância do isolamento e inutilidade da cloroquina – https://www.revistaquestaodeciencia.com.br/artigo/2020/05/22/meta-analises-provam-importancia-do-isolamento-e-inutilidade-da-cloroquina
  5. Revisão sistemática: não há evidência de eficácia e segurança na associação da hidroxicloroquina com azitromicina para COVID-19 – https://universoracionalista.org/revisao-sistematica-nao-ha-evidencia-de-eficacia-e-seguranca-na-associacao-da-hidroxicloroquina-com-azitromicina-para-covid-19/
  6. Estudo com 96 mil pacientes apontou aumento de mortalidade em pacientes com COVID-19 em uso de cloroquina – https://universoracionalista.org/estudo-com-96-mil-pacientes-apontou-aumento-de-mortalidade-em-pacientes-com-covid-19-em-uso-de-cloroquina/
  7. 50 tons de nada a ver: os estudos usados para vender a cloroquina – https://www.revistaquestaodeciencia.com.br/questao-de-fato/2020/05/22/50-tons-de-nada-ver-os-estudos-usados-para-vender-cloroquina
  8. Refutando os 50 estudos de Cloroquina – https://youtu.be/Ia9nS_DN_Tw
  9. Bolsonaro endossa notícia falsa para dizer que estados inflam mortes por coronavírus – https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/03/bolsonaro-endossa-noticia-falsa-para-dizer-que-estados-inflam-mortes-por-coronavirus.shtml
  10. A farsa dos caixões vazios usados para minimizar mortes por covid-19 – https://www.bbc.com/portuguese/brasil-52584458
  11. Estados recebem R$ 16 mil e hospitais recebem R$ 12 mil para cada morte por Covid-19 #boato – https://www.boatos.org/saude/estados-recebem-r-16-mil-hospitais-recebem-r-12-mil-morte-covid-19.html
  12. #Verificamos: É falso que médicos de 30 países confirmam a eficácia da cloroquina – https://piaui.folha.uol.com.br/lupa/2020/04/16/verificamos-medicos-30-paises-eficacia-cloroquina/
CONTINUAR LENDO